facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 25 de Maio de 2024
25 de Maio de 2024

17 de Outubro de 2010, 13h:08 - A | A

POLÍTICA /

TRE começa investigar suposto " uso da máquina" em favor de Silval

gazeta



da redação

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) começa a investigar nessa segunda-feira (18) denúncia de uso da máquina pública na campanha. Servidores públicos do Estado ligados à Empresa de Pesquisa e Assistência Rural (Empaer) já foram intimados para prestar esclarecimentos em audiência que ocorre a partir das 9h30.

A audiência vai ser conduzida pelo corregedor do TRE, Márcio Vidal, e se refere a um processo em que o candidato derrotado ao governo Mauro Mendes (PSB) acusou servidores públicos de se utilizarem dos cargos para fazer campanha, apesar de terem sido orientados pelo governo a evitar a prática. O empresário também foi intimado para comparecer ao Tribunal, mas, como a presença não é obrigatória, deverá se ausentar.

De acordo com Mauro, servidores da Empaer teriam viajado e recebido diária para comparecer a um congresso em Cuiabá, mas, no horário do evento, foram convocados para comparecer a um ato público em favor da reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB), que também foi intimado para comparecer à audiência juntamente com o vice eleito Chico Daltro (PP). Ambos também não devem comparecer nessa primeira audiência do processo.

A denúncia de Mauro representa a batalha jurídica que se transformou a campanha. Ele ingressou com pelo menos 3 representações acusando o governador de uso indevido da máquina e prática de condutas vedadas a agentes públicos. As representações podem custar a diplomação dos eleitos.

 

Comente esta notícia