facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

09 de Julho de 2024, 07h:37 - A | A

POLÍCIA / ASSASSINADO A FACADAS

Polícia cumpre 17 mandados contra criminosos envolvidos em roubo e morte de síndico em Cuiabá

A vítima chegou a ficar internada 21 dias no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

DO REPÓRTER MT



A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derfva), deflagrou na manhã desta terça-feira (8), a “Operação Desforço Encarregado” para cumprimento de 17 mandados judiciais que apura o latrocínio de Hildebland Pereira da Silva, que foi assassinado em janeiro deste ano, em Cuiabá.

O homem era síndico do condomínio Chapadas dos Pinhais. As investigações mostraram ele saindo de sua casa por volta das 16h no banco de trás do próprio carro e retornou horas depois.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Ao chegar ele saiu de dentro do carro e questionou o porteiro mandando-o para abrir o portão logo. Assim que entrou no carro, a PM foi acionada pela portaria. Minutos depois, um administrador do condomínio ligou novamente para polícia, contando que encontrou o sindíco do condomínio morto dentro de seu apartamento.

Em imagens de câmeras de segurança, os policiais encontraram o criminoso saindo de dentro do apartamento da vítima, pegando uma motocicleta e fugindo. Os comparsas ainda pegaram o carro de Hildebland.

A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos depois de passar 21 dias internada no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Vizinho identificado

Com base nas imagens das câmeras de segurança do prédio, o suspeito flagrado correndo pelo local foi identificado. Ele é morador do mesmo condomínio.      

A polícia foi até o local, mas não o encontrou em casa. Dentro do apartamento, foram encontradas a arma usada no crime, além de uma pistola .ponto 40 e a roupa que ele usou no dia do crime.    

Comente esta notícia