Cuiabá, 12 de Agosto de 2022
logo

02 de Julho de 2022, 16h:10 - A | A

POLÍCIA / VEJA O VÍDEO

Namorada diz que policial foi executado com 4 tiros: "Não apontou arma para mim"

Janaina Sá, namorada do policial penal Alexandre Miyagawa, afirma que agente foi executado.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTER MT



Janaina Sá, namorada do policial penal Alexandre Miyagawa conhecido como "Japão", de 41 anos, voltou a se pronunciar sobre a morte do agente nessa sexta-feira (01),vítima de disparo feito pelo vereador Tenente Coronel Paccola. Ela afirmou que Alexandre foi executado com 4 tiros e que não apontou arma para ela. (Veja o vídeo abaixo)

O policial foi morto a tiros pelo vereador no bairro Duque de Caxias, em Cuiabá, após o carro que o casal estava avançar na contramão e uma aglomeração se formar em torno.
Paccola disse que o agente estava ameaçando a mulher e que ele atirou em legítima defesa. O parlamentar não mencionou quantos disparos fez.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Em série de stories no Instagram, Janaina afirma que o policial penal não teria sacado a arma. “Alguns estão falando que ele tirou a arma para mim. A arma estava no coldre. O que estava na mão dele era o celular e a carteira”, afirmou.

Leia mais sobre o caso

Namorada de policial morto por vereador nega ameaças e chama Paccola de mentiroso

Vereador Paccola mata agente penal do Pomeri em confusão no Goiabeiras

Paccola diz que matou agente penal por legítima defesa para neutralizar ameaça

“Na foto que ele está caído no chão, ele está com a arma ainda no coldre. Na mão a carteira e na outra o celular dele”, salienta.

A mulher novamente afirma que o policial não apontou arma para ela em nenhum momento, e diz que ele foi executado com 4 tiros. “Nenhum momento ele apontou a arma pra mim, nenhum momento. Ele foi executado com 4 tiros”, denuncia.

Veja o vídeo:

 

Comente esta notícia

Luciana 07/07/2022

Mentira tem perna curta

1 comentários

1 de 1