Cuiabá, 06 de Dezembro de 2022
logo

19 de Novembro de 2016, 09h:38 - A | A

POLÍCIA / INFÂNCIA PERDIDA

Meninos de 7 a 12 anos saem na noite para furtar residência

Dona da casa roubada acionou a Polícia Militar, que encaminhou os menores ao Conselho Tutelar.

CELLY SILVA
DA REDAÇÃO



Quatro meninos com idades entre 7, 9 e 12 anos foram pegos no flagra roubando a casa de uma mulher, na Rua Xingu, bairro Jardim Amazonas, em Sorriso (398 Km de Cuiabá), na noite desta sexta-feira (18).

De acordo com a imprensa local, o caso foi registrado por volta das 19h25. A vítima do furto, uma mulher de 23 anos, relatou à Polícia Militar que se ausentou de casa por dois dias e, ao retornar, flagrou as crianças que arrombaram a janela de sua residência e roubaram objetos como celulares, correntes, pulseiras e R$ 300 em espécie. A maior parte dos bens foi recuperado.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Os infratores foram encaminhados ao batalhão da Polícia Militar de Sorriso e, posteriormente, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), eles foram levados para o Conselho Tutelar, que entrou em contato com os pais e responsáveis, aos quais deve oferecer orientação e acompanhamento

Comente esta notícia

condeprata 1 22/11/2016

Essa situação é tipica de crianças que não tem família estruturada , sem os pais no comando ai sobra espaço para a delinquência. Misto de tristeza e preocupação.

hermanoteu 21/11/2016

PARA CONÇALINA = não e culpa de PEC e SIM do seu partido ficou 13 anos no poder, isso ai é o resultado dos programas assistências, sem acompanhamento, sem critério e sem responsabilidade.

Goncalina 19/11/2016

Por consequência desse absurdo que sou desfavorável a pec ..imaginen um estado onde se tem ensino pública gratiuto.já estamos presenciando o crime .a violação em nossos domicílio. .Agora imaginen vcs se aprovada essa pec e também acontecer a privatizações das escolas ???:::::aonde iremos ter paz ??

Enivaldo 19/11/2016

A justiça brasileira tem que liberar para que menores possam trabalhar, nem todos os menores querem praticar tais atos assim, querem ajudarem os pais nas tarefas, desde que não prejudique os estudos, qual ser humano que tem potencial pra desenvolver uma missão, que fica contente que é impedido? Fui criado neste princípio, e sem esse inútil direitos humanos, a pessoa já aprende a valorizar as coisas quando é adquida com seu suor. Duvido se o munda estava perdido desse jeito.

Ines 19/11/2016

Precisamos urgente de bons exemplos e de campanhas educacionais inclusive para os pais e responsáveis. É isso que dá criar certas leis onde criança não pode trabalhar.Se estivesse estudando ou cumarido qualquer tarefa dentô de casa isso não estaria acontecendo.Não bas tá gerar ou parir.Tem que dar amor, bons exemplos e educação.

5 comentários

1 de 1