Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

22 de Dezembro de 2016, 11h:07 - A | A

POLÍCIA / VÍTIMA DE EXPLOSÃO

Empresário que teve 90% do corpo queimado morre na UTI do Pronto-Socorro de Cuiabá

Valdinei Lousada e o também empresário Jean Ayres transferiam óleo diesel de uma caminhonete para um tanque de combustível quando houve a explosão

LUIS VINICIUS
DA REDAÇÃO



Vítima de explosão de um tanque de combustível, em uma fazenda na região do Manso (a 100 km de Cuiabá), o empresário Valdinei Lousada, 34 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (22), no Pronto-Socorro de Cuiabá.

Com 90% do corpo queimado, ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde a terça-feira (20), quando ocorreu o acidente.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Ao , familiares de Valdinei relataram que o estado dele era grave e não resisistiu às queimaduras em praticamente todo o corpo.

No momento do acidente, Valdinei estava com o também empresário Jean Gabriel Lemos Ayres, 42, que ficou com mais de 70% do corpo queimados.

Ayres, inicialmente, foi encaminhado para Hospital Santa Rosa, em Cuiabá ,e depois foi transferido para o Hospital de Queimaduras, na cidade de Anáopolis (GO).

O acidente

De acordo com informações apuradas pelo , Valdinei e Jean estavam fazendo a transferência de óleo diesel de uma caminhonete para um tanque de combustível.

A explosão ocorreu porque, na ação, a bomba de transferência reproduziu uma faísca e ocasionou a explosão.

O corpo de Valdinei deve ser transladado para a cidade de Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá), onde será realizado o velório e sepultamento.

Valdinei deixa esposa e um filho de três anos.

 

Comente esta notícia