facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 20 de Maio de 2024
20 de Maio de 2024

14 de Julho de 2010, 16h:09 - A | A

POLÍCIA /

Carregador de celular usa energia da bicicleta

R7



Um aparelho lançado pela Nokia une a mobilidade e energia gerada pelas bikes aos carregadores de bateria para celulares.

A empresa percebeu que um processo de geração de energia poderia melhorar a vida de quem quer dar as suas pedaladas, mas manter o contato com o resto do mundo.

O processo é simples: basta pedalar que o dínamo entra em contato com o pneu e gera energia suficiente para recarregar as baterias do telefone.

O dínamo é um pequeno aparelho formado por um eixo móvel, um imã e uma bobina. É o movimento de rotação da roda, ou da correia, que transfere energia para o eixo do dínamo, gerando eletricidade.

Quem é dos tempos em que os faróis eram acessórios indispensáveis nas bicicletas, deve lembrar que era esse processo de geração de energia que alimentava a iluminação das bikes. O recarregador começa a funcionar a partir de 6km/h e vai até 50km/h.

Alex Lambeek, vice-presidente da Nokia, explicou por meio de um comunicado o motivo pelo qual a empresa resolveu lançar o carregador.

- As bicicletas são o meio mais comum de transporte em muitos mercados ao redor do mundo. Esse é apenas mais um benefício a ser obtido a partir de uma atividade que as pessoas já estão fazendo. 

A Nokia tem como público alvo os países que tem a bicicleta como um meio e transporte popular, como nações da África, Europa, além da China e Índia.

O kit tem um suporte para fixar o telefone na bicicleta e o dínamo gerador de energia. O preço é equivalente a R$ 34.

Comente esta notícia