Cuiabá, 30 de Janeiro de 2023
logo

30 de Outubro de 2014, 07h:02 - A | A

POLÍCIA / SEQUESTRADOS PELO TRÁFICO

Após 40 dias, pilotos de Riva são libertados na fronteira com a Bolívia

Os dois teriam sido libertados dois dias antes, ainda no país vizinho. Por isso, tiveram que caminhar por uma região de mata fechada até chegar na região urbana do município brasileiro.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Sequestrados há 40 dias, o piloto Evandro Rodrigues de Abreu e o copiloto Rodrigo Faris Agnelli foram encontrados em Guarajá-Mirim (RO), cidade divisa com a Bolívia, por volta das 00h45, desta quinta-feira (30). No entanto, os dois teriam sido libertados dois dias antes, ainda no país vizinho. Por isso, tiveram que caminhar por uma região de mata fechada até chegar na região urbana do município brasileiro.

Eles disseram ao deputado Estadual José Riva (PSD) que estavam trabalhando para o grupo de traficantes que os sequestraram, e que só foram libertados porque os criminosos teriam se desentendido sobre a venda da aeronave King Air.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

"O Evandro contou que eles estavam sendo usados para pilotar o avião na Bolívia, que tem muita pista de tráfico na região, a cada 5 km. Como houve o desentendimento entre os sequestradores, os soltaram na divisa de Rondônia e foram embora", falou Riva.

Após o conhecimento da soltura, Riva enviou uma aeronave pra buscar os pilotos. Segundo o deputado, os dois não estão feridos. 

"O Evandro ligou do seu próprio celular, quando estava dentro da viatura da Polícia Militar. Disse que está bem, tranquilo e também me pareceu sereno. Contou que não foram judiados, que colocaram arma na cabeça deles apenas na hora da abordagem”, explicou Riva, que teve o avião de propriedade da família, King Air, sequestrada junto com Rodrigo e Evandro, no aeroporto de Pontes e Lacerda (500 km de Cuiabá), durante um ate de campanha da sua esposa, então candidata a Governo, Janete Riva (PSD). 

Os pilotos devem chegar a Cuiabá no início da tarde desta quinta-feira (30), quando também o deputado José Riva dará uma coletiva de imprensa para falar sobre o caso.

 

Comente esta notícia

coitadinhos 30/10/2014

Estória mal contada, né? Como não levaram o celular deles????? E ainda por cima, não tiveram um arranhãozinho???? Não ficaram traumatizados???? Não eram ameaçados de morte a todo momento??? Mistério!!!!!!!!

daniel 30/10/2014

Hum.. muito estranho o sequestrado liberado e ligar do próprio celular para comunicar que foram liberados do sequestro!!! No mínimo esquisito.

2 comentários

1 de 1