Cuiabá, 20 de Agosto de 2022
logo

18 de Dezembro de 2017, 07h:00 - A | A

PODERES / RUMO A 2018

Senadores de MT afirmam ir à reeleição em 2018; Cidinho é o único em cima do 'muro'

José Medeiros, Cidinho Santos e Blairo Maggi - atual ministro da Agricultura - estão dispostos a disputar o pleito de 2018 para se manterem no cargo.

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



O site apurou que os senadores José Medeiros (PSD) e Blairo Maggi – licenciado por ocupar o cargo de ministro da Agricultura – são pretensos candidatos à reeleição ao Senado em 2018. Já Cidinho Santos permanece em cima do “muro”.

“Um projeto de Senado já não é fácil e se ficar assoviando e chupando cana já não vira", disse José Medeiros.

Wellington Fagundes (PR), eleito em 2014, não entra na disputa porque permanecerá no cargo, já que o mandato de senador é de oito anos.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

José Medeiros disse que não tem plano “B” e, por isso, estará no pleito de 2018 como candidato à reeleição. Medeiros assumiu o mandato em 2015, após o então senador Pedro Taques (PSDB) deixar o cargo após vencer a eleição ao Governo do Estado.

“Um projeto de Senado já não é fácil e se ficar assoviando e chupando cana já não vira. O meu compromisso com o grupo é montar uma chapa de federal e se eu ficar com possibilidade de ir para outro cargo já desagrega”, destacou.

Medeiros declara, ainda, que quem acompanhou sua campanha pela presidência do Senado, em janeiro deste ano, sabe que não há outra possibilidade a não ser a disputa pela reeleição.

“Dá uma olhada na minha candidatura à presidência do Senado e veja se eu tenho perfil de desistir”, concluiu.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o ministro Blairo Maggi destacou que o único projeto relativo às eleições de 2018 é a disputa ao Senado.

“Por enquanto eu não tenho nada definido. Estou envolvido com essas coisas do Senado e ainda não tive tempo", diz Cidinho.

“A possibilidade [de reeleição] ainda não está descartada. O projeto político [do Blairo], se existir em 2018, será reeleição ao Senado. Não existe possibilidade de candidatura ao Governo”.

Já o senador Cidinho Santos, suplente de Blairo Maggi, afirma que aguarda um encontro com o presidente regional do Partido da República, senador Wellington Fagundes, para discutir a possibilidade.

“Por enquanto eu não tenho nada definido. Estou envolvido com essas coisas do Senado e ainda não tive tempo. Falei com o senador Wellington e vamos conversar em fevereiro”.

Comente esta notícia