facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024

07 de Novembro de 2022, 06h:30 - A | A

PODERES / PRISÃO EM FLAGRANTE

MP Eleitoral investiga Fábio Garcia e Dilmar Dal Bosco por suposta compra de voto

O procedimento preparatório eleitoral foi aberto pelo procurador regional Erich Raphael Masson

THAIZA ASSUNÇÃO
DO REPÓRTER MT



O Ministério Público Eleitoral instaurou uma investigação contra o deputado federal eleito Fábio Garcia (União) e o deputado estadual reeleito Dilmar Dal’Bosco (União) por suposta compra de votos nas eleições deste ano.

O procedimento preparatório eleitoral foi aberto pelo procurador regional Erich Raphael Masson.  

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Consta no documento que a investigação tem como base uma prisão em flagrante realizada no município de Ipiranga do Norte ( a 435 km de Cuiabá) no dia 3 de outubro, data do primeiro turno da eleição.

O procurador requisitou a Delegacia de Polícia de Sorriso, que é responsável em investigar os crimes que ocorrem em Ipiranga do Norte,  informações acerca do deslinde da prisão em flagrante por suposto compra de votos a favor dos parlamentares.

Também solicita à Promotora de Justiça Eleitoral da Comarca de Sorriso (43ª Zona Eleitoral) informações acerca das providências que foram adotadas no caso. 

O Repórter MT tentou, mas não conseguiu contato com Fábio Garcia e Dilmar Dal’Bosco.

Comente esta notícia