Cuiabá, 01 de Outubro de 2022
logo

16 de Agosto de 2022, 09h:22 - A | A

PODERES / CORRIDA AO PAIAGUÁS

Márcia Pinheiro apresenta Plano de Governo com destaque para RGA e concurso

DO REPÓRTER MT



Encabeçando a coligação ‘Para Cuidar das Pessoas’ a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV), e que tem como vice, o engenheiro civil, Vanderlúcio Rodrigues (PP), pela Federação Brasil da Esperança, formada pelo PV, PT e PC do B, e apoio do PSD, PP e Solidariedade, apresentou suas principais propostas de Governo, caso eleita como gestora de Mato Grosso. Confira a íntegra aqui

“Vamos fazer muito por Mato Grosso, e muito mais por você cidadão e cidadã que acredita, que tem esperança de um futuro melhor, pois é aqui que queremos continuar vivendo, criando nossos filhos, netos e bisnetos com a certeza de um futuro melhor e construção de uma Estado com oportunidades para todos. E o futuro só será melhor se tivermos a frente do Governo do Estado de Mato Grosso uma mulher com capacidade, sensibilidade e que prioriza as pessoas. Que tenha a percepção para perceber que não basta ter bilhões em caixa se esse recurso não chega lá na ponta promovendo o justo e equilibrado desenvolvimento regional e melhorando a vida das pessoas. Não adianta um Estado rico e um povo pobre”, destacou a candidata.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Destacando a extrema necessidade de mudança, Márcia afirmou que Mato Grosso tem a necessidade de ter uma líder que saiba liderar e queira liderar. Que promova a paz, o diálogo e a parceria com todos os segmentos organizados da sociedade.

“É necessário resgatar o Estado de amor, respeito, humildade e compreensão onde o diálogo seja a “ferramenta” do líder. Onde os servidores públicos sejam respeitados, valorizados e seus direitos e conquistas assegurados. Onde aposentados e pensionistas não se humilhem para ter um envelhecimento digno. Um Estado que seja parceiro do setor produtivo e fomentador do desenvolvimento e crescimento econômico e social”, disse.

As propostas também destacam ações em âmbitos como educação inclusiva e participativa, assistência social afetiva, promoção e defesa dos Direitos Humanos. Em prol dos servidores públicos, a candidata firmou compromisso de os tornar protagonistas de sua gestão. Dentre suas principais propostas estão reformas estruturantes nas áreas administrativas, reestruturar o quadro de servidores nas diversas áreas, a partir do redimensionamento das necessidades, com prioridade para realização de concursos públicos, conceder o índice de Reajuste Geral Anual (RGA) integral anualmente, entre outros.

“Vamos colocar a administração estadual como instrumento do nosso povo, de modo democrático, contando sempre com a efetiva participação de todos, fazendo propostas factíveis de serem executadas, focado no planejamento, na inovação e criatividade, priorizando o interesse público, a correta aplicação dos recursos financeiros recebidos do povo, na destinação eficiente para melhorar a qualidade dos serviços prestados, na valorização dos servidores públicos e em projetos e ações que possam, de fato, desenvolver nosso estado associado a melhoria contínua da qualidade de vida, acessibilidade, mobilidade, fortalecimento da agricultura, pecuária, indústria, comércio e consequente geração de emprego e renda”, afirmou.

Na Saúde Pública, Márcia visa a retomada de obras, como a do Hospital Júlio Müller e entrega do Hospital Central, construção de unidades regionais hospitalares em Juína, Confresa, Alta Floresta e Tangará da Serra, além de ampliar a parceria no investimento de média e alta complexidade junto ao município de Cuiabá.
O Plano de Governo também contém propostas para, Infraestrutura, Segurança Pública, Indústria e Comércio, Agronegócio, Agricultura Familiar, Esporte e Cultura.

"Não é um plano fechado e acabado que não pode sofrer alterações, pois um governo democrático trabalha em prol de seu povo e com o seu povo, logo sempre que houver necessidade ouviremos nossa população e faremos as correções dos rumos da nossa gestão que será democrática e participativa".

Comente esta notícia

Silas 17/08/2022

Eu estava até inclinado a votar nessa senhora, mas depois que vi os partidos que ela está coligada (PV, PT e PC DO B) tô fora. Se ela ganhar vai arrastar toda essa corja lá pro Paraguai. Nem Deus há de deixar.

Adelina 16/08/2022

Bem vinda! Nossa Governadora ! Vou trabalhar muito pra você vencer! ???????????????????? ????

OLIRIO NETO 16/08/2022

NOSSA GOVERNADORA !!!!!!

Pardal 16/08/2022

Ela levantou uma bandeira forte, o RGA dos servidores acumulados em 21%, e o governo quer dar somente 7,78% em janeiro/23

4 comentários

1 de 1