Cuiabá, 01 de Outubro de 2022
logo

08 de Agosto de 2022, 13h:18 - A | A

PODERES / DISPUTA AO SENADO

Com Natasha excluída, PSB assume segunda suplência na chapa de Wellington

Natasha desistiu da candidatura após forte pressão nacional

DO REPÓRTER MT



Com a exclusão da médica Natasha Slhessarenko (PSB) da corrida pelo Senado Federal, o partido confirma aliança com Wellington Fagundes (PL) e indica o produtor rural Joaquim Diógenes Jacobsen, de Nova Mutum, para a segunda suplência de WF, que vai à reeleição.

Natasha, que chegou a ser confirmada nas convenções do PSB como candidata ao Senado, sofreu forte pressão nacional para que compusesse com a federação de esquerda e se tornasse suplente de Neri Geller (PP), mas se recusou.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Na tarde de hoje, ele concede coletiva à imprensa para comunicar que não concorrerá a nenhum outro cargo e deve expor os motivos que enterraram seu projeto de candidatura.

Sem perder tempo, o presidente do PSB em Mato Grosso, deputado estadual Max Russi, consolidou aliança com a chapa do governador Mauro Mendes (União Brasil), que tem Wellington Fagundes como candidato ao Senado.

O primeiro suplente na chapa de Wellington é o ex-chefe da Casa Civil e “compadre” do governador, Mauro Carvalho. Ele se tornou o elo de confirmação da aliança entre União Brasil e PL, que tem como principal cabo eleitoral o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), que também busca a reeleição.

LEIA MAIS - Pressão nacional enterrou projeto de Natasha

Comente esta notícia

Raimundo 08/08/2022

QUEM PAGA MAIS LEVA.......QUE DEUS NOS SALVE

Servidora Pública Concursada 08/08/2022

Os servidores públicos vão dar uma surra na chapa do Welligton Fagundes

Luciano 08/08/2022

Tchapa Melancia… verde por fora e vermelha por dentro…

3 comentários

1 de 1