facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Junho de 2024
13 de Junho de 2024

29 de Maio de 2024, 16h:00 - A | A

PODERES / CENÁRIO ECONÔMICO

Cláudio Ferreira afirma que gestor não pode atrapalhar desenvolvimento de Rondonópolis

Deputado estadual sugere medidas para fomentar emprego e renda para as pessoas

DO REPÓRTERMT



O deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Rondonópolis, Cláudio Ferreira (PL), falou em recente entrevista sobre a construção de um projeto que permita o desenvolvimento de Rondonópolis e um futuro melhor para as próximas gerações.

“Rondonópolis vale o nosso esforço, o nosso sacrifício. Quando penso nos meus filhos, quando penso nas crianças, eu posso dizer que vale a pena trabalhar por essa cidade. Nós, que administramos empresas, sabemos que nossa tarefa é medir riscos e, sabendo do potencial que Rondonópolis tem, podemos ter a certeza de que compensa, basta vontade política e coragem para mudar”, afirmou Cláudio Ferreira.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O pré-candidato também enfatizou a importância de Rondonópolis no cenário econômico, sendo uma das principais economias do Centro-Oeste. “Temos aqui geração de empregos, empresas que estão em pleno crescimento, pessoas dedicadas, nós precisamos apenas que o Poder Público colabore com esse crescimento, não atrapalhe, para que possamos tornar a nossa cidade uma referência em excelência em todas as áreas, garantindo um futuro melhor para todos”.

Para Cláudio Ferreira, o poder público deve promover políticas de atração de empresas, investir em capacitação e tecnologia, trabalhar pela diminuição da burocracia, não criar novos impostos e deve fomentar o desenvolvimento para gerar renda e oportunidades para as pessoas.

“O gestor não pode atrapalhar a cidade e as pessoas, como acontece em Rondonópolis. Precisamos retomar o crescimento e melhorar a cidade para as pessoas que aqui vivem, com serviços públicos que funcionem e ações que gerem oportunidades para quem mais precisa”, afirmou.

Comente esta notícia