facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024

26 de Setembro de 2017, 15h:34 - A | A

PAPO RETO / PRESO PELA PF

Sem autorização, deputados perdem a esperança de votar soltura de Fabris

DA REDAÇÃO



Os deputados estaduais estão de "pés e mãos atados", como eles mesmo dizem, por estarem impedidos de decidir a respeito da manutenção ou não da prisão do colega Gilmar Fabris (PSD), determinada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, no dia 15 de setembro.

Na semana passada, um requerimento foi enviado ao STF pedindo que Fuz autorizasse a votação, conforme prerrogativa constitucional da Assembleia Legislativa. No entanto, uma semana depois, o ministro ainda não respondeu ao pedido.

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), disse que não pode fazer nada a respeito, enquanto Fux não autorizar. Já Mauro Savi (PSB) comentou que o caso entristece os parlamentares.

“Estamos de pés e mãos atados. Não sabemos o que fazer nessa questão. O triste é que existe cobrança dos próprios pares e a Casa não consegue ter uma resposta, o que é muito ruim", disse o deputado.

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia