Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

02 de Dezembro de 2014, 17h:19 - A | A

PAPO RETO / R$ 30 MIL

Maurício Guimarães usou dinheiro público para festa privada, diz TCE

DA REDAÇÃO



O relator das contas da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa), conselheiro substituto João Batista, após votar pela regularidade das contas da Secopa, determinou que Maurício Guimarães restitua, com recursos próprios, a importância de R$ 30.965,00, devidamente atualizada, referente ao patrocínio de evento de âmbito privado do Sindicato dos Profissionais de Tributação Arrecadação e Fiscalização Estadual de Mato Grosso (SIPROTAF), sem comprovação de interesse público, tendo em vista que a despesa possui finalidade estranha à da instituição, sendo assim, comprovadamente irregular e ilegítima. A situação foi uma das irregularidades considerada grave pelo relator.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia