Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Terça-feira, 21 de Junho de 2022, 11h:48 - A | A

PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA

Pastor-alemão que foi espancado a pauladas e amarrado em saco de lixo não resiste

Protetora Michelle Scopel contou que acreditava na melhora do animal, mas ele acabou não resistindo.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTER MT

O pastor-alemão que havia sido resgatado, após ser espancado com pauladas na cabeça, amarrado em um saco de lixo e jogado em terreno baldio, acabou não resistindo e morreu nessa segunda-feira (20). A informação foi confirmada por Michelle Scoopel, da ONG OPA-MT.

Michelle contou ao Repórter MT que o cachorro estava reagindo bem ao tratamento. “Ele estava se alimentando por sonda, até tentou dar umas lambidas, teve interesse na comida e acreditamos que ele teria uma melhora”, relata.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

“Ele acabou tendo uma parada cardiorrespiratória e não conseguiram reanimá-lo. Ainda não sabemos o que pode ter ocasionado a morte. Ele já estava doente com sequelas de cinomose, pode ter recebido essa paulada e ficado horas com o saco fechado. Tudo contribuiu”, explica.

O pastor-alemão foi resgatado na quinta-feira (16) pela ONG OPA-MT e levado para a clínica São Francisco, com ferimentos graves. Ele foi encontrado amarrado dentro de um saco para lixo e jogado em terreno baldio, próximo ao bairro Jardim Itália, em Cuiabá.

Leia mais sobre o caso: Pastor-alemão é amarrado em saco de lixo e deixado para morrer

O animal tinha sinais de cinomose, doença transmitida por vírus, que costuma atingir animais com baixa imunidade e foi espancado a pauladas na cabeça.

Ainda segundo Michelle, ainda não há informações de quem era dono do animal, quem o deixou ali e nem mesmo de quem o agrediu. A Polícia Civil foi acionada e investiga o caso.

O dinheiro arrecadado com a campanha serviu para quitar o tratamento do pastor-alemão na clínica e também de outro cachorro que foi resgatado pela ONG.

Colabore! Maltratar animal é crime, segundo prevê o art. 32, da Lei nº 9.605, de1998, com pena de detenção de três meses a um ano e multa.

Se você souber de qualquer informação que possa ajudar a encontrar os criminosos, denuncie no 190 ou fale com a nossa redação: redacao@reportermt.com.br

Comente esta notícia