facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 18 de Julho de 2024
18 de Julho de 2024

29 de Novembro de 2017, 09h:25 - A | A

GERAL / REAJUSTE NA CAPITAL

Passagem do transporte coletivo pode aumentar para R$ 3,85 em janeiro

Usuários do sistema de transporte coletivo cuiabano, podem ter que pagar R$ 0,25 a mais, a partir de janeiro de 2018, quando a tarifa pode passar de R$ 3,60 para R$ 3,85.

CAMILA PAULINO
DA REDAÇÃO



Novo estudo de reajuste tarifário, que foi elaborado pela Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) e encaminhado à Prefeitura da Capital, aponta que os usuários do sistema de transporte coletivo cuiabano, podem ter que pagar R$ 0,25 a mais, a partir de janeiro de 2018, quando a tarifa pode passar de R$ 3,60 para R$ 3,85.

A assessoria de imprensa da Arsec confirmou ao que o projeto já foi encaminhado ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e depois deve passar pelo Conselho Participativo. A medida ainda deve ser debatida em audiências públicas.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Para o cálculo, a Arsec considerou alguns itens como: o valor da tarifa vigente, o preço do diesel, a variação do custo de veículos e de salário do motorista, despesas da empresa que fornece o serviço referente ao 4º mês anterior à data de reajuste e o quanto os reajustes podem impactar aos usuários e beneficiar os empresários.

Em 2017 o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) vetou qualquer aumento da tarifa do transporte público na Capital, pois exige que as empresas primeiro cumpram com tudo que estava acordado em contrato como por exemplo: melhoria na qualidade do transporte e a troca da frota de veículos.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), disse ao que a pasta vai ficalizar e monitorar as atividades das empresas de transporte público na Capital para garantir o cumprimento dos acordos feitos em contrato. 

Quanto aos valores das tarifas, a Semob apenas participará dos debates durante as audiências. 

"O Conselho Municipal de Transporte se reunirá  com a Arsec dentro de 30 dias para  discutir sobre o assunto", disse a assessoria.

Comente esta notícia

JEFERSON MATOS 29/11/2017

A pergunta : O transporte público dessa cidade vale R$ 3,85 ? Por que se chegou a esse valor ? O ônibus são verdadeiras sucatas, não tem ar condicionado e com motoristas mal educados. Para o tamanho dessa cidade R$ 2,00 está mais do que justo.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1