Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

14 de Novembro de 2014, 14h:43 - A | A

GERAL / PRECISA-SE DE DOAÇÕES

ONG que ajuda resgatar animais da rua e em maus tratos promove festa de aniversário

A confraternização está marcada para as 19h, no ‘Recanto das Pedras’, localizado na Avenida das Torres, no bairro Santa Cruz, em Cuiabá.

DA REDAÇÂO



A Organização de Proteção Animal de Mato Grosso (OPA – MT) convida a todos para participar da festa de comemoração dos dois anos de criação da Ong. A confraternização está marcada para as 19h, desta sexta-feira (14), no ‘Recanto das Pedras’, localizado na Avenida das Torres, no bairro Santa Cruz, em Cuiabá.

Os ingressos custam R$ 5 reais. Todo o valor arrecadado deve ser usado para custear a alimentação, limpeza e tratamento médico dos mais de 100 cães cuidados pelo abrigo.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Ao RepórterMT, a presidente da ONG, Michelle Scopel, disse que a organização foi criada para ajudar os cães que foram abandonadas na rua ou são mau tratados pelos donos.

Segundo ela, ao serem resgatados, os cachorros são tratados ganhando uma alimentação balanceada e tratamento médico. Em seguida, ficam disponibilizados para adoção. “Dos cerca de 100 animais que estão conosco, 80% deles já estão prontos para ser adotados. Desse total, a maioria não tem raça definida (Vira-lata) e tem entre 2 a até 15 anos”, explicou.

Segundo a presidente, os interessados em adotar um desses cães, podem enviar um e-mail para o contato [email protected]. “Essa pessoa deve preencher um formulário. Vamos analisar o cadastro da pessoa interessada e agendar uma visita na casa dela. Para pessoas que estão querendo adotar cães grandes no caso, devem morar em residências com muros, além de um espaço considerável”, disse.

EM BUSCA DE DOAÇÃO

A ONG está em busca de doações de terrenos, já que o local do canil não é da OPA e tem data para ser entregue. Por isso, a organização precisa de um terreno para construir um novo canil. Além de doações em dinheiro, ração, remédios, toalhas limpas, lençóis, baldes, bacias e produtos de higiene.

Michele ainda explica que a pessoa que não puder ajudar com produtos ou dinheiro pode ser voluntário, dando transporte (carona) para os cães que vão aos veterinários ou ajudando na limpeza do canil, feitas aos domingos. “A pessoa escolhe a melhor forma de ajudar. Os interessados podem se comunicar na pagina na internet do Facebook (OPAMT) ou ligar no número 065 – 9934-9151”, falou.

BOLINHA

Atualmente, o ‘hóspede’ mais famoso da ONG é o vira-lata ‘Bolinha’. O cão, de pequeno porte, sofre de obesidade e estava com 36 quilos quando foi resgatado, em um posto de combustível, próximo a cidade de Tangará da Serra (240 km da capital). ‘Bolinha vem fazendo tratamento médico e já emagreceu alguns quilos. Em breve já deve estar disponível para adoção.

Reprodução Facebook

bolinha

Bolinha passa por tratamento para emagrecer e ainda deve ser disponibilizado para adoção

Comente esta notícia