facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Junho de 2024
13 de Junho de 2024

29 de Maio de 2024, 17h:23 - A | A

GERAL / FORTALECIMENTO DO SETOR

FIT Pantanal 2024 apresenta “cases de sucesso” que ajudarão a desenvolver o turismo mato-grossense

Serão apresentados 22 projetos que vão contribuir no fortalecimento do turismo dentro do estado. As histórias poderão ser acompanhadas no Conexão FIT, que acontece no dia 30

DO REPÓRTERMT



Para incentivar novos interessados em desenvolver o turismo mato-grossense, a Feira Internacional de Turismo (FIT Pantanal 2024) apresentará 22 cases de sucesso de projetos inovadores e que buscam contribuir para o fortalecimento do setor dentro do estado. As histórias poderão ser acompanhadas dentro do Conexão FIT, que acontece no primeiro dia de feira, a partir das 14h, no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá.

Entre as histórias que serão apresentadas, estão das comunidades indígenas Menanehaliti e Balatiponé, que já desenvolvem projetos com anuência da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) e por meio de recursos públicos para realizarem atividades turísticas em terras indígenas.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Os projetos de etnoturismo foram desenhados para envolverem os visitantes em uma experiência cultural autêntica e profundamente enraizada nas tradições ancestrais dessas comunidades, pertencentes às regiões de Tangará da Serra (Haliti-Paresí) e de Barra do Bugres (Umutina-Balatiponé).

Para o coordenador dos projetos, Sidnei Varanis, as iniciativas buscam “contribuir para a sustentabilidade e a preservação do modo de vida dessas comunidades. Ao mesmo tempo, os projetos buscam não apenas preservar o patrimônio cultural, mas também contribuir para o desenvolvimento econômico sustentável desses povos originários”.

Segundo recente pesquisa divulgada pelo Sebrae-MT, sobre o “Hábitos de Consumo do Turismo em Mato Grosso”, de maio deste ano, a maioria dos turistas que visitam o estado (60%) vêm para contemplação da natureza, seguido daqueles que vêm para conhecer a cultura local e o seu patrimônio histórico, com 35% e 32%, respectivamente.

Ainda assim, há um alto percentual de turistas que escolhem não visitar o estado (42%) por falta de interesse em conhecer a região. A pesquisa foi realizada entre os dias 09 de abril a 05 de maio de 2024, por telefone, com 1.097 turistas mato-grossenses.

A programação inclusa na Aldeia do Conhecimento ofertará atividades para os interessados que queiram aprimorar e adquirir novos conhecimentos nas áreas de turismo. De acordo com dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho (MTE), de 2022, Mato Grosso contabilizava mais de 46 mil empresas com atividade principal em turismo.

A FIT tem como tema na edição de 2024 “Turismo, Eventos, Agro e Negócios” e conta com apoio institucional da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e Prefeitura de Cuiabá, além da parceria com as entidades Sebrae-MT, Seaf-MT, Empaer-MT e trade turístico.

O evento é realizado pelo Sistema Comércio de Mato Grosso (Fecomércio, Sesc, Senac e IPF-MT) e Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT).

A programação completa da FIT Pantanal 2024 pode ser conferida no site www.fit2024.com.br. A feira conta, ainda, com extensa programação artística e cultural, além de muita culinária com pratos típicos da região.

Comente esta notícia