facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

05 de Dezembro de 2022, 10h:00 - A | A

GERAL / INVADIU PREFERENCIAL

Corolla bate em Fiat Mobi e mata duas jovens na MT-130

Priscila Carvalho de Oliveira, 21 anos, e Amanda Maciel, 18 anos, não resistiram aos ferimentos. Outras duas jovens estão internadas em estado grave.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTERMT



Priscila Carvalho de Oliveira, 21 anos, e Amanda Maciel, 18 anos, morreram na noite de sábado (03), após um grave acidente entre um Fiat Mobi e um Toyota Corolla, na MT-130, entre Primavera do Leste e Paranatiga (231 e 373 km de Cuiabá, respectivamente). O motorista do Corolla fugiu do local após a batida.

De acordo com a Polícia Civil, testemunhas relataram que o Fiat Mobi seguia na rodovia sentido a Paranatinga, quando o Corolla, que seguia na estrada de acesso lateral, não respeitou a preferência e entrou na via. A condutora do Mobi não conseguiu frear e os veículos bateram.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Com o impacto do acidente, o Mobi capotou e parou a aproximadamente 100 metros da via. Quatro mulheres estavam no veículo no momento do acidente. Priscila morreu ainda no local e as demais foram lançadas para fora do veículo.

Leia também

Homem morre após Uno bater contra árvore e capotar em Cuiabá

As três vítimas foram socorridas ainda com vida por uma equipe da concessionária Rota dos Grãos e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas para uma unidade de saúde, mas Amanda não resistiu. As outras duas seguem internadas em estado grave.

Segundo a polícia, o motorista do Corolla fugiu do local com apoio de uma caminhonete Amarok, seguindo sentido Primavera do Leste, sem prestar socorro.

A Polícia Civil ainda apurou que, antes do acidente, o condutor do Corolla estava em uma festa nas proximidades. O veículo Corolla foi apreendido e encaminhado para a delegacia.

O acidente é apurado pela Polícia Civil.

Comente esta notícia