facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Junho de 2024
19 de Junho de 2024

13 de Dezembro de 2022, 08h:44 - A | A

GERAL / VEJA O VÍDEO

Cacique de MT, preso pela PF, diz que arrancaria Moraes pelo pescoço

Serere Xavante foi preso na quarta-feira. No dia 30 de novembro ele foi gravado xingando e ameaçando o ministro Alexandre de Moraes

DO REPÓRTERMT



O cacique Xavante, José Acácio Serere, preso pela Polícia Federal, na quarta-feira (12), foi gravado dizendo durante protesto em Brasília, que arrancaria "pelo pescoço" o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moares. O vídeo foi divulgado no dia 30 de novembro.

 “Se os generais não executarem o seu juramento, podem me matar. Mas eu tiro o vagabundo do Alexandre de Moraes na marra. Arranco ele pelo pescoço. Ou pode mandar me prender agora”, declarou o cacique.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Serere ainda xingou Moraes de bandido e vagabundo.

A prisão temporária atende a um pedido protocolado pela Procuradoria Geral da República. O cacique teria convocado pessoas armadas para impedir a diplomação de Lula (PT), porque aponta que houve fraude na eleição.

 Serere é pastor, filiado ao Patriotas e foi candidato a prefeito de Campinápolis (MT) em 2020, mas não foi eleito. 

 

Comente esta notícia