facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024

25 de Outubro de 2017, 15h:33 - A | A

VARIEDADES / "EMPRESÁRIO DE MERDA"

Vendedor de esterco cria slogan inusitado e viraliza na web

Paulo Silvestre trabalha com esterco aviário na região de Bauru (SP) há quase 8 anos. 'Já recebi ligações até do exterior', conta.

G1/SP



A ideia inicial era "quebrar o gelo" e chamar a atenção de alguns clientes mais resistentes. Mas o inusitado slogan criado pelo representante comercial Paulo Silvestre, que trabalha com esterco aviário há 8 anos em Bauru (SP), foi parar nas redes sociais e acabou viralizando na internet. O representante se apresenta como Paulo Bosta - o empresário de merda.

“Um amigo meu resolveu tirar uma foto do meu cartão e jogou em grupos que temos no WhatsApp. Quando vi um monte de gente veio falar comigo, recebi ligações até do exterior, de Portugal, da França. A maioria quer saber se é verdade mesmo, se é meu cartão de trabalho, se eu existo”, conta o empresário.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Paulo conta que teve a ideia do cartão de visitas há dois anos, mas só recentemente a imagem acabou repercutindo nas redes sociais. “Eu trabalho com esterco aviário desde 2009 e é uma área difícil, tem muita concorrência, então precisava de algum diferencial para chamar a atenção e quebrar o gelo. Foi quando bolei o slogan. Mas não imaginava que ia ter essa repercussão.”

O representante comercial lembra também que recebeu várias mensagens de estudantes de marketing que elogiaram a criatividade.

“Um deles comentou que estudou marketing por quatro anos e eu, na simplicidade, em 10 minutos ‘bombei’ na internet. Comentam que foi genial, a repercussão está sendo muito positiva.”, conta, aos risos.

A repercussão na internet também começou a dar resultados no negócio. Paulo estuda formas de ampliar as vendas no país e até no exterior.

Tem um pessoal de Portugal interessado, mas estou vendo a questão de logística, exportação. Atualmente eu vendo para um raio de 200 km aqui da região de Bauru e também em Minas Gerais, mas estou recebendo muitas ligações, tem um pessoal de Manaus interessado também. Fui até buscar orientação com o pessoal do Sebrae sobre isso e eles elogiaram a criatividade também, disseram que eu criei uma grife”, comemora.

Para divulgar seu slogan, Paulo investiu em meios de propaganda tradicionais. A frase está pintada em um muro no bairro Mary Dota, onde ele mora, e mais de 10 mil folders foram impressos para serem distribuídos na cidade. “Os poucos que eu já fiz, a maioria pega e já tira uma foto e coloca na rede. É uma forma de manter a propaganda”, diz.

Comente esta notícia