Cuiabá, 09 de Agosto de 2022
logo

01 de Janeiro de 2018, 07h:55 - A | A

VARIEDADES / SAÚDE E BEM ESTAR

Trabalhar mais de 55 horas na semana aumenta risco de AVC

Ficar no ambiente de trabalho mais por esse tempo eleva em 33% as chances do problema

MINHA VIDA



Trabalhar duro é importante, mas é preciso tomar cuidado com o tempo extra que você passa no escritório: um novo estudo aponta que as horas a mais no trabalho podem aumentar risco de AVC e outras doenças cardiovasculares.

O estudo foi publicado no dia 19 de agosto na revista científica The Lancet e é uma análise de 25 estudos envolvendo no total mais de 600 mil pessoas dos Estados Unidos, Europa e Austrália. Elas foram analisadas por oito anos e meio. Além dos dados publicados, os cientistas coletaram outros dados de bancos com os pesquisadores dos estudos analisados.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Nesses dados, eles perceberam que pessoas que trabalham até uma hora mais por dia tem 10% mais chance de ter um AVC nos próximos anos. E o risco aumentava progressivamente: pessoas que trabalhavam de 41 a 48 horas semanais tinham 10% mais de risco. As que trabalhavam de 49 a 54 horas semanais tinham um perigo 27% aumentado. Já as pessoas que tinham uma carga horária de 55 horas semanais corriam 33% mais risco de ter um AVC e 13% mais perigo de apresentar uma doença coronariana.

O alto risco continuava mesmo quando outros fatores de risco eram levados em conta, como tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas e falta de atividade física.

Para os especialistas, isso provavelmente ocorre devido ao estresse, mas eles não chegaram a conclusões de qual o mecanismo envolvido nessa associação.

Comente esta notícia