Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

26 de Novembro de 2016, 07h:55 - A | A

VARIEDADES / MACHISMO

Homens machistas tendem a ter mais problemas mentais, diz estudo

Um estudo indicou que aqueles que se veem como superiores às mulheres ou que têm comportamento de "pegador" tendem a ter mais problemas psicológicos.

CATRACA LIVRE



O machismo, ainda que de maneira muito diferente, prejudica também os homens. Um estudo indicou que aqueles que se veem como superiores às mulheres ou que têm comportamento de "pegador" tendem a ter mais problemas psicológicos.

A pesquisa, realizada pela Associação Psicológica Americana, também apontou que estes homens não procuram ajuda profissional. Os resultados foram obtidos a partir de uma análise com 20 mil participantes, os quais eram predominantemente brancos, mas incluíam alguns negros e asiáticos.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Os homens foram avaliados por meio de uma lista de 11 características que psicólogos acreditam fazer parte das expectativas da sociedade sobre masculinidade. Estas eram:

  1. Desejo de vencer
  2. Necessidade de controle emocional
  3. Assumir riscos
  4. Violência
  5. Dominância
  6. Promiscuidade sexual (comportamento de "pegador")
  7. Autoconfiança
  8. Dar prioridade ao trabalho
  9. Poder sobre as mulheres
  10. Desdenho por homossexualidade
  11. Procura por status

Algumas delas foram relacionadas aos seguintes problemas mentais: estresse, depressão, ansiedade, abuso de drogas e imagem corporal negativa. No entanto, as que apresentaram piores resultados foram autoconfiança, poder sobre as mulheres e comportamento de "pegador".

A característica de dar prioridade ao trabalho não foi associada a consequências negativas nem positivas à saúde mental, enquanto assumir riscos foi a ambas.

O estudo também mostrou que os homens com mais atitudes machistas têm mais dificuldade em procurar ajuda profissional.

Comente esta notícia