Cuiabá, 06 de Outubro de 2022
logo

26 de Novembro de 2013, 13h:32 - A | A

VARIEDADES / CULTURA

Escritor e advogado lançam sete livros nesta terça-feira na Capital

As obras versam sobre ficção, cotidiano, negócios e contratos.

DA ASSESSORIA



Entusiastas das palavras, os escritores Renato de Paiva Pereira e Lutero de Paiva Pereira lançam sete livros nesta terça-feira, dia 26, a partir das 20 horas, no Centro de Eventos Ágora, no Hotel Gran Odara, em Cuiabá. Publicados pela editora Juruá, as obras versam sobre ficção, cotidiano, negócios e contratos. Vale destacar que a renda arrecada com a venda das obras será revertida para a Avogas, Associação que trabalha em prol da criança com câncer.

Escritos ao longo de décadas, os livros revelam a observação perspicaz pelos fatos corriqueiros, assim como no âmbito empresarial e jurídico. De linguagem de fácil compreensão, indicado para todas as idades, a ideia é compartilhar informação. Empresário, Renato conta que a paixão pela literaruta nasceu na adolescência, quando conheceu as obras de José de Alencar. Desde então, passou a escrever. Empresário no setor da hotelaria, Renato reuniu seus aprendizados e escreveu “ Virando Patrão”. O autor frisa que não é um livro de autoajuda, mas sim um roteiro prático. “ Um livro que prega austeridade, perseverança, disciplina”, pontua.

Já Lutero é advogado e na oportunidade de lançamento de livros, anuncia também a instalação na capital mato-grossense, de uma banca de seu escritório.

Lutero apresenta quatro obras autorais, entre elas “Contratos e Conexões”, “Há bem que vem pra males”, “A mulher é mais”, e “O que não está na cabeça é o que prejudica”. No Paraná, criou uma campanha pelo uso correto da língua portuguesa e a iniciativa ganhou a mídia nacional.

Uma obra peculiar é “Mitologia e Negócios”, escrita pelos dois autores. Cada um em sua cidade estudou textos sobre mitos gregos e escreveu sobre eles. No livro, a junção das duas percepções do empresário e do advogado. Com narrativa leve, isento de clichê, o desafio, comenta Renato é escrever simples. “A leitura aproxima distâncias, auxilia na cidadania”, explica.

Veja também: Escritório Lutero Pereira & Borneli abre sede em Cuiabá

Comente esta notícia

Andre 17/06/2014

Esses livros não passam de bobagem.

1 comentários

1 de 1