facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

01 de Novembro de 2017, 08h:20 - A | A

VARIEDADES / "ANSIEDADE DE LÍNGUA"

Álcool te ajuda a falar melhor outras línguas

O álcool te deixa levemente mais relaxado, a ansiedade diminui e, consequentemente a sua pronúncia melhora.

SUPERINTERESSANTE



Se você estava procurando, desesperadamente, um motivo a mais para beber no happy hour da firma, pode agradecer à ciência. Um novo estudo realizado pelas universidades de Maastricht (Holanda), Liverpool, Cambridge (Inglaterra) e Friburgo (Alemanha) está garantindo que tomar uma cervejinha vai te ajudar a falar melhor outras línguas. Até o tal do “happy hour” vai ser mais fácil de pronunciar.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores foram a campo: selecionaram 50 alemães que falavam holandês e os colocaram pra beber. Todos os participantes possuíam o mesmo certificado de proficiência na língua holandesa, mas nem todos beberam a mesma coisa. Sorteados em dois grupos, metade deles recebeu um drink com 37,5% de álcool (mais ou menos o que tem em uma bebida com vodca), enquanto a outra metade bebericou um cocktailaparentemente idêntico, mas com água no lugar do álcool.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Os resultados foram claros: quem bebeu álcool conseguiu notas quase 10% maiores. “Nosso estudo mostra que o consumo de álcool pode ser benéfico para a pronunciação de uma língua estrangeira que você aprendeu recentemente”, afirma Inge Kersbergen, psicóloga da Universidade de Liverpool e uma das autoras do estudo, ao Business Insider.

Os pesquisadores acreditam que o consumo alcoólico ajuda a diminuir um problema entre bilíngues, a chamada “ansiedade de língua”. Sabe aquele friozinho na barriga, aquela insegurança que dá quando você vai falar um novo idioma? Pois bem, esse é o termo que linguistas usam para demonizar essa sensação. O álcool te deixa levemente mais relaxado, a ansiedade diminui e, consequentemente a sua pronúncia melhora.

Mas calma, não adianta se empolgar e tentar ir para aquela conferência de trabalho depois de ter matado uma garrafa sozinho. O segredo está na pequena quantidade de álcool ingerido. Para esse teste, os participantes beberam apenas 250ml. Mais do que isso pode ter efeito contrário: prejudicar sua pronúncia e, claro, te embebedar.

Comente esta notícia