facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 22 de Maio de 2024
22 de Maio de 2024

23 de Junho de 2010, 13h:13 - A | A

POLÍTICA /

Um terço das famílias não possui renda para alimentação adequada

Folha de SP



o das famílias brasileiras (35,5%) relataram ao IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) que a quantidade de alimentos aos quais elas tiveram acesso eram insuficientes para o seu consumo mensal, segundo dados da POF (Pesquisa de Orçamentos Familiares) 2008-2009, divulgada nesta quarta-feira. Esse percentual era mais alto na pesquisa anterior (2002-2003): 47%.

Desse contingente, 9,2% afirmaram que a quantidade de alimentos era "normalmente insuficiente" e 26,3% "às vezes insuficiente".

A restrição no acesso a alimentos era mais grave nas áreas rurais, onde 45,6% fizeram referência à falta, em algum grau, de gêneros alimentícios à mesa. Regionalmente, os piores resultados ficaram com o Norte e o Nordeste: 51,5% e 49,8%, respectivamente.

O IBGE investigou ainda se o orçamento familiar era suficiente para cobrir todas as despesas ao longo do mês: 75% das famílias relataram que tinham alguma dificuldade para fechar suas contas. Desse total, 17,9% afirmaram ter muita dificuldade em chegar ao final do mês.

Ainda no que tange à avaliação subjetiva das condições de vida, 51% das famílias do país responderam que o tipo de alimento consumido nem sempre ou raramente era o preferido.

Comente esta notícia