Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

21 de Dezembro de 2014, 17h:12 - A | A

POLÍTICA / NESTA SEGUNDA

Taques faz audiência pública para expor situação financeira e administrativa de MT

O trabalho da transição começou há três meses e foram levantados dados da gestão do atual governador Silval Barbosa, sua administração, estrutura, programas em execução e contratos assinados.

ANA ADÉLIA JÁCOMO
DA REDAÇÃO



A 10 dias da posse como novo governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PDT) vai apresentar nesta segunda-feira (22) um diagnóstico sobre a realidade financeira e administrativa do Estado.

O relatório será exibido em uma audiência pública aberta à sociedade, que começa às 9h, no auditório da Escola Estadual Presidente Médici. De acordo com informações da assessoria, o levantamento foi feito pela equipe de transição, liderados por Otaviano Pivetta (PDT), prefeito de Lucas do Rio Verde.

O trabalho da transição começou há três meses e foram levantados dados da gestão do atual governador Silval Barbosa (PMDB), sua administração, estrutura, programas em execução e contratos assinados.

Mesmo sem apresentar dados específicos, o secretário de Infraestrutura de Mato Grosso, Marcelo Duarte, deu o tom da situação do Estado em recente entrevista ao RepórterMT.

De acordo com ele, Silval deixa o Governo em 31 de dezembro, com diversas licitações suspeitas em assinaturas de contratos e aberturas de licitações realizadas no “apagar das luzes” do seu mandato.

Duarte revelou que Silval tem feito concessões rodoviárias a contragosto de Taques, que já teria solicitado que os contratos de 35 anos não fossem assinados. O Ministério Público Estadual (MPE) já investiga a situação e fez recomendação pela não assinatura dos contratos.

Com a conclusão dos trabalhos, Taques apresentará o resultado com o objetivo de deixar a população ciente da situação em que se encontra a atual administração e as primeiras medidas a serem tomadas a partir do dia 1º de janeiro de 2015.

Comente esta notícia