Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

04 de Dezembro de 2016, 16h:00 - A | A

POLÍTICA / RECEITA DO SUCESSO

Pinheiro terá que se esforçar para não atrasar salário, diz Mendes

Prefeito afirma que deixa o cargo com boa situação orçamentária, mas que cabe ao prefeito eleito manter o equilíbrio

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



O prefeito Mauro Mendes (PSB) disse, na semana passada, que deixará o Palácio Alencastro com as contas equilibradas.

"O que posso dizer é que existe uma boa peça orçamentária [Lei Orçamentária Anual de 2017], que é muito realista e pé no chão. Eu sempre disse que o próximo prefeito terá que manter equilíbrio, foco, seriedade e trabalhar muito”, destacou Mauro Mendes.

Ele afirmou que, se o prefeito eleito, Emanuel Pinheiro (PMDB), trabalhar muito, não deve ter dificuldades no pagamento dos salários dos servidores.

“Não gastei as minhas energias para fazer previsões. O que posso dizer é que existe uma boa peça orçamentária [Lei Orçamentária Anual de 2017], que é muito realista e pé no chão. Eu sempre disse que o próximo prefeito terá que manter equilíbrio, foco, seriedade e trabalhar muito”, disse Mendes.

O prefeitou observou que encerra seu último mês de mandato com a folha de pagamento do funcionalismo público e de fornecedores em dia. 

“Posso afirmar que, até o dia 30 de dezembro, 100% dos servidores receberão o seu salário e décimo terceiro. No mês de novembro, paguei os salários no dia 29”, destacou.

O socialista disse, ainda, que a atual situação financeira da Prefeitura é bem diferente da entregue pelo ex-prefeito Chico Galindo (PTB). Em 2013, ele recebeu a administração com quase R$ 200 milhões em restos a pagar.

“Ele [Emanuel] vai receber uma Prefeitura muito melhor”, disse o prefeito.

Obras finais

Antes de encerrar o mandato, o chefe do Executivo cuiabano corre contra o tempo para entregar obras consideradas importantes.

Mendes quer concluir o Parque das Águas - com uma fonte luminosa que custou cerca de R$ 3 milhões - até o dia 18 de dezembro, com a presença da cantora Anitta.

Em 31 de dezembro. pretende inaugurar a revitalização da Orla do Porto, fechando o ano com uma festa de Réveillon - com show do grupo Araketu, além de uma grande queima de fogos.

No entanto, as duas obras estão atrasadas – a exemplo do Porto, que é aguardada desde a Copa de 2014.

Neste período de chuva, o andamento da construção fica mais lento, mas o prefeito está otimista. “As equipes estão empenhadas”, disse.

Leia mais:

Prefeitura de Cuiabá inaugura Parque das Águas no dia 18 com show de Anitta

Mendes vai entregar Parque das Águas para o Natal e Orla do Porto no réveillon; PS fica para 2017

Mendes quer superar recorde chinês para montar 'fonte musical' antes da inauguração em dezembro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comente esta notícia