Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

23 de Dezembro de 2016, 15h:41 - A | A

POLÍTICA / STAFF DO ALENCASTRO

Pinheiro anuncia mais 5 nomes; vereador eleito chefiará o Trabalho

Escolhidos vão ocupar as pastas do Trabalho, Educação, Habitação, Procuradoria e Controladoria Geral do Município

DA REDAÇÃO



O futuro prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), anunciou, na tarde desta sexta-feira (23), mais cinco nomes para compor o primeiro escalão do Palácio Alencastro.

O anúncio foi feito na página do peemedebista no Facebook. 

O vereador eleito Vinicyus Correa Hugueney (PP) vai assumir a pasta do Trabalho e Desenvolvimento Econômico. 

A Secretaria Municipal de Educação (SME) será comandada pela professora Mabel Strobel Moreira da Silva, filiada ao PSC (Partido Social Cristão).

Para a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, Emanuel Pinheiro escolheu o atual defensor público-geral do Estado, Djalma Sabo Mendes.

A Procuradoria Geral do Município será chefiada pelo advogado Nestor Fidélis.

O advogado Marcus Antônio de Souza Brito será o controlador geral do Município.

Até o momento, Emanuel Pinheiro já havia confirmado oito nomes para a sua gestão.

Na rede social, Pinheiro afirmou que os nomes anunciados hoje cumprem os requisitos que ele estabeleceu para a sua gestão, "agregando sensibilidade política e amplo conhecimento e experiência técnica nas suas respectivas áreas".

Perfis

O vereador eleito Vinicyus Correa Hugueney (PP) tem 26 anos e já atuou na pasta do Trabalho e Desenvolvimento Econômico em 2015, como secretário adjunto. Ele disputou a primeira eleição em outubro passado e  foi eleito com 3.576 votos.

Segundo Pinheiro, a sua indicação tem o respaldo do PP Progressista, que compôs a base de apoio na sua campanha para a Prefeitura, do deputado federal Ezequiel Fonseca, do secretário nacional de Agricultura, Neri Geller, e do ministro Blairo Maggi.

"Sua missão será promover os arranjos produtivos locais para geração de emprego e renda, fomentar o empreendedorismo e atuar na atração de novas empresas para a Capital", disse Pinheiro.

A futura secretária municipal de Educação, professora Mabel Strobel Moreira da Silva, é filiada ao PSC (Partido Social Cristão). Foi a mais jovem diretoria de escola do município em 1989, atuou na SME como assessora pedagógica e diretora de ensino e pesquisa. Foi superintendente da Seduc-MT e secretária de Educação em Chapada dos Guimarães e em Barão de Melgaço.

É pedagoga, mestre em Filosofia na Educação, doutoranda em Gestão Pública e Ciências da Educação, com aperfeiçoamento em Inovação Educacional (Portugal), Filosofia na Educação (EUA) e em Ciências da Educação e Políticas Públicas (Argentina). 

Para a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, Emanuel Pinheiro afirmou a escolha de Djalma Sabo Mendes é de caráter pessoal. Se mandato na Defensoria Pública do Estado termina neste mês.

"Quando era deputado estadual, pude estabelecer uma parceria com Djalma na Defensoria para resolver várias situações pendentes de regularização fundiária na Baixada Cuiabana. A Defensoria Pública é a instituição que advoga para os pobres e hipossuficientes, que atua em defesa daqueles que mais precisam. Dispõe de um núcleo especializado em regularização fundiária.

Djalma Mendes é cuiabano, formado em Direito, defensor público concursado desde 1999, exerceu por três vezes o cargo de Defensor Público Geral.

"Sua experiência na área será fundamental para atuarmos com firmeza na resolução de um problema crônico da nossa cidade, que se arrasta por décadas, fruto da ocupação desordenada do solo urbano", disse Pinheiro.

O futuro procurador geral do Município, Nestor Fidélis, tem três especializações na área do Direito Público, doutorando com tese sobre Municipalismo. Nestor foi coordenador jurídico, por 10 anos, na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e já advogou para vários municípios e prefeitos.

"Foi nosso coordenador jurídico, durante a campanha eleitoral. É uma indicação pessoal. Nestor é paulistano, mas reside em Cuiabá desde 1983. Aqui se formou e constituiu família. Sua experiência e lealdade serão de grande valia para realizarmos uma gestão inovadora e eficiente, mas dentro da legalidade e da constitucionalidade", disse o futuro prefeito.

O futuro controlador geral de Cuiabá, Marcus Antonio de Souza Brito é formado em Direito com especialização em Direito Eleitoral e Improbidade Administrativa e pós-graduado em Controladoria. Foi servidor do Tribunal de Justiça de Mato Grosso de 1986 a 2011, é professor de Direito Civil e advogado atuante.

"O combate à corrupção deve ser feito, inicialmente, dentro da própria gestão pelo sistema de controle interno da CGM", disse Pinheiro, observando que a escolha também é pessoal.. Marcus Brito. Foi também uma escolha pessoal.

Outros nomes

Até o momento, Emanuel Pinheiro já havia confirmado oito nomes para a sua gestão.

São eles: Juares Samaniego, no Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano; José Roberto Amador, na Comunicação Social; Carlos Roberto da Costa “Nezinho”, na Secretaria de Governo;  Rafael de Oliveira Cotrim Dias, na Gestão; e Antônio Roberto Possas de Carvalho, na Fazenda, Vanderlúcio Rodrigues da Silva, que ocupará a Secretaria Municipal de Obras Públicas; Singlair Ciekalski de Musis, para a pasta de Desenvolvimento Humano; e Antenor Figueiredo Neto, para a Secretaria de Mobilidade Urbana.

Comente esta notícia

Alexandre amaral 23/12/2016

Nestor Fidelis Djalma sabo Mendes Dois excelentes nomes parabéns prefeito to vendo que vai começar muito bem sua gestão

1 comentários

1 de 1