facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 25 de Maio de 2024
25 de Maio de 2024

20 de Setembro de 2010, 17h:08 - A | A

POLÍTICA /

Juara: suspeita de crime eleitoral determina busca e apreensão em posto

Tvca



Da Redação

Atendendo pedido do Ministério Público, o juiz da 27ª Zona Eleitoral, Wagner Plaza Machado Junior determinou, no dia 16 de setembro, a realização de busca e apreensão no posto Zulu, localizado no município de Juara, interior de Mato Grosso. Foram apreendidos documentos contábeis, notas fiscais, requisições de combustíveis e os dados do circuito interno de segurança com toda movimentação realizada entre os dias 09 e 16 de setembro.

A determinação se deu após denúncia em DVD formulada por um morador do município, que apresentou à Justiça Eleitoral imagens de uma suposta prática de crime de abuso de poder econômico e/ou compra de votos por parte de quatro candidatos.

Após receber a denúncia, o promotor eleitoral Paulo Henrique Motta constatou pessoalmente a movimentação anormal de simpatizantes e correligionários dos candidatos, presenciando também o abastecimento de vários carros que participariam de eventos pela cidade.

O Juiz determinou o registro, em fotos, dos carros que participaram das carreatas realizadas no município. As informações levantadas serão cruzadas com as informações contábeis do posto e também com as imagens registradas no DVD apresentado pelo denunciante.

O magistrado também solicitou a movimentação contábil de outros postos de combustíveis da cidade de Juara, informações que servirão como referência na apuração dos eventuais abusos praticados pelos candidatos.

Apreensão de Cavaletes

Na sexta feira (17), após vistoriar os Locais de Votação do Município, o juiz titular da 27ª zona também realizou a apreensão de vários cartazes e cavaletes irregulares. Além de extrapolarem os horários permitidos, os materiais publicitários estavam sendo fixados em muros residenciais, prática proibida pela legislação eleitoral.

Comente esta notícia