Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

20 de Dezembro de 2014, 19h:30 - A | A

POLÍTICA / VAGA NO TCE

'Eu não toco mais nesse tema', diz Taques sobre indicação de Janete

O governador eleito ainda argumentou que isso não seria uma interferência junto à Assembleia, que tem a prerrogativa de indicar o substituto de Humberto Bosaipo no TCE, mas sim uma questão de chamar a atenção para a legalidade do processo.

MARCIA MATOS
DA REDAÇÃO



O governador eleito Pedro Taques (PDT) declarou à imprensa não estar nenhum pouco arrependido sobre a declaração que fez contra a indicação de Janete Riva (PSD) ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Taques deixou o recado de que este é o seu perfil.

“Eu sou o que  eu [sempre] fui. Eu não vou me mudar porque fui eleito governador do Estado de Mato Grosso”, declarou.

Quando Janete foi indicada para o cargo pela Assembleia Legislativa, Taques opinou que isso seria um absurdo e que não estariam respeitando a lei porque Janete, segundo ele, não preenche os requisitos legais para o cargo. 

“Eu sou o que sempre fui. Eu não vou me mudar porque fui eleito governador do Estado de Mato Grosso”.

O governador eleito ainda argumentou que isso não seria uma interferência junto à Assembleia, que tem a prerrogativa de indicar o substituto de Humberto Bosaipo no TCE, mas sim uma questão de chamar a atenção para a ilegalidade do processo.

“Eu sou cidadão do estado de Mato Grosso. Eu sou senador da República até o dia 31. Sou governador eleito com quase 58% dos votos da população e eu sou cumpridor da lei. Entendo que a lei está sendo violada, tanto que o Tribunal de Justiça e os juízes decidiram. Agora, uma  coisa é certa, a Assembleia tem todo o direito de indicar,  isso está na constituição e eu seria o último a violar”, defendeu.

 

Taques ainda pontuou que não falará mais sobre o assunto que já está judicializado. 

“Em nome do governo eleito quem fala daqui para frente sobre esse tema é o secretário de comunicação indicado, Jean Campos e o chefe da Casa Civil, Paulo Taques.  Eu não toco mais nesse tema”, concluiu.

Comente esta notícia