Cuiabá, 20 de Agosto de 2022
logo

17 de Dezembro de 2017, 17h:33 - A | A

POLÍCIA / ESCONDIDO NO SUTIÃ

Professora é presa entregando celular na cadeia para o filho bandido

De acordo com a Polícia Civil, a mulher estava com o aparelho celular escondido no sutiã e entregaria para o filho, preso por roubo.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÃO



A professora Gilvani Luzia dos Santos, de 49 anos, foi presa em flagrante ao tentar entregar um aparelho celular para entregar ao filho Eduardo Ferreira Soares, 21 anos, dentro do Centro de Ressocialização de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá).

Conforme a Polícia Civil, Gilvani é moradora do município de Vera (458 km ao Norte) e foi para Sorriso, na manhã deste domingo (17), para visitar o filho na cadeia. Conforme a professora, Eduardo está preso pelo crime de roubo.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A situação foi flagrada por agentes penitenciários da unidade. O celular que seria entregue para o detento foi apreendido. A professora foi encaminhada ao juizado do município e foi liberada logo em seguida, após registro de boletim de ocorrência.

Celulares na cadeia

No mês passado, agentes prisionais apreenderam um freezer ‘recheado’ com 33 celulares, na Cadeia Pública de Cáceres (220 km a Oeste de Cuiabá). O eletrodoméstico foi deixado pelo motorista de um caminhão.

De acordo com informações, os agentes já vinham monitorando a situação por meio do setor de inteligência.

Os celulares estavam dentro da espuma do freezer e seria destinado aos detentos da unidade prisional

Leia mais

 

Agentes acham freezer ‘recheado’ com 33 celulares em cadeia de MT

Comente esta notícia