facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Julho de 2024
19 de Julho de 2024

23 de Novembro de 2017, 08h:06 - A | A

POLÍCIA / 2º CASO EM TRÊS MESES

Agentes acham freezer ‘recheado’ com 33 celulares em cadeia de MT

O eletrodoméstico foi deixado no local por um caminhoneiro, que saiu rapidamente. A nota fiscal estava em nome de um detento.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÂO



Agentes prisionais apreenderam um freezer ‘recheado’ com 33 celulares nesta quarta-feira (22), na Cadeia Pública de Cáceres (220 km a Oeste de Cuiabá). O eletrodoméstico foi deixado pelo motorista de um caminhão.

De acordo com informações, os agentes já vinham monitorando a situação por meio do setor de inteligência.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Os celulares estavam dentro da espuma do freezer e seria destinado aos detentos da unidade prisional.

A nota fiscal da entrega estava em nome de um dos presos, o que levantou ainda mais a suspeita.

A polícia preferiu não informar o nome do responsável por enviar a carga, para não atrapalhar as investigações.

Celulares em freezer

Essa não é a primeira vez que a situação acontece no local. Em agosto, agentes penitenciários  também apreenderam um freezer com "recheado" com 24 celulares, que entraria na Cadeia Pública de Cáceres. A apreensão foi feita após o freezer ter sido deixado na portaria por uma pessoa que não se identificou.

O coordenador da cadeia, Revétrio Francisco, disse que o equipamento teria sido enviado para substituir um antigo, que estava com defeito. O freezer seria de responsabilidade dos presos.

Leia mais

Agentes apreendem freezer 'recheado' com celulares na cadeia de Cáceres

Comente esta notícia