facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Julho de 2024
19 de Julho de 2024

14 de Novembro de 2017, 17h:24 - A | A

POLÍCIA / CRIME PASSIONAL

Polícia invade condomínio em busca de homem que mandou matar personal da Smart Fit

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) cumpre mandado de busca na casa de Guilherme Dias de Miranda.

DA REDAÇÃO



A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) cumpre mandado de busca na casa de Guilherme Dias de Miranda, acusado de ser o mandante do assassinato do personal trainer, Danilo Nascimento de Souza Campos, 28 anos, no dia 8 de novembro de 2017, no bairro Duque de Caxias.

Guilherme teve o mandado de prisão temporária, decretado pela 12ª Vara Criminal de Cuiabá, por ter encomendado a morte do personal. O suspeito é marido de uma aluna da academia Smart Fit, onde Danilo era instrutor. A aluna teve ordem de busca e apreensão do celular, que foi entregue espontaneamente. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A delegada Alana Cardoso, que coordena a equipe de buscas, informou que a casa, localizada no Condomínio Rubi, na Rodovia Mario Andrezza, em Várzea Grande, foi encontrada vazia e com aparência de que fugiram recentemente. No registro do condomínio consta que o casal saiu às 10h47, desta terça-feira (14).  Durante a permanência dos policiais na residência, a mulher do mandante chegou no imóvel e apresentou o aparelho celular. 

A delegada destacou que o suspeito é considerado foragido da Justiça. Conforme ela, o crime teve motivação passional.

O corpo do personal foi encontrado caído ao lado do carro, na Rua General Ramiro de Noronha. Testemunhas informaram que a vítima estacionou o carro e ao descer foi alvejada por tiros, efetuados pelo garupa de uma motocicleta, com dois homens, que posteriormente, seguiu em direção a Avenida Miguel Sutil.

 

Leia mais

Polícia identifica mandante e pai crê em prisão de assassinos do filho

Delegada ouve família de personal assassinado em Cuiabá

Filho de vereador, personal trainer é executado a tiros no Jardim Cuiabá

Vereador diz que execução do filho foi covarde e desconhece motivação

Comente esta notícia

Antunes Silva 14/11/2017

Isso até o mendigo da rua sabia que ia acontecer. A polIcia primeiro divulga que não vai falar o nome , para o suspeito vazar e depois eles ao atrás.

positivo
0
negativo
0

Zé Bovino 14/11/2017

O corno vai pra cadeia e a "esposa" vai pôr ainda mais chifres no idiota.

positivo
0
negativo
0

2 comentários

1 de 1