Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

25 de Setembro de 2022, 15h:40 - A | A

POLÍCIA / PLANO MACABRO

Pastora viu marido agonizar até a morte e “dormiu” com corpo

Sueli Alves dos Santos Oliveira foi presa em flagrante pela Polícia Civil. Crime aconteceu em Bela Vista, na quinta-feira.

G5 NEWS



A pastora Sueli Alves dos Santos Oliveira, 42 anos, acusada de matar o marido, foi extremamente fria ao ponto de ver o motorista José Maria Vieira de Oliveira, 49 anos, agonizar até a morte e “dormir próximo” ao corpo na casa onde moravam.

O crime aconteceu em Bela Vista de Goiás, na Região Metropolitana de Goiânia, na noite de quinta-feira (22), mas a Polícia Militar só foi acionada na manhã de sexta-feira (23).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Ao chegar no local, os policiais encontraram um vidro de ‘chumbinho’.

“A gente percebeu que ela estava de olho no vidro enquanto os agentes estavam na casa. A perícia detectou o veneno em um copo, na pia da cozinha e até na caixa de gordura”, descreveu a delegada Mágda D’Ávila.

A família informou à polícia que a suspeita fez um plano funerário para o marido em abril deste ano e se colocou como beneficiária, o que pode indicar que ela premeditou o crime.

A polícia disse que Sueli negou o assassinato e contou que o marido suicidou para colocar a culpa nela. Leia mais em G5 News

Comente esta notícia