Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

18 de Novembro de 2014, 09h:25 - A | A

POLÍCIA / COQUETEL MOLOTOV

Menor é preso ao tentar incendiar casa de carcereiro em Várzea Grande

Menor disse que recebeu R$ 1.000,00 mil de um homem para cometer o crime. No entanto, o criminoso não soube informar a identidade do homem que teria o contratado.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



W.S., de 17 anos, foi preso tentando incendiar a casa de um agente prisional, no bairro Jardim dos Estados, em Várzea Grande, por volta da 0h, desta terça-feira (18).

Ele jogou na garagem da residência duas garrafas de coquetel molotov e fugiu. No entanto, foi preso pelo 4º Batalhão da Polícia Militar.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Segundo informações do 4º BPM, os policiais flagraram o menor correndo em atitude suspeita. Ao fazer a abordagem, a 100 metros do local, moradores gritavam por socorro, já que a residência à frente estava pegando fogo. Os policiais ajudaram os moradores a conter o incêndio.

Em seguida, o menor disse que recebeu R$ 1.000,00 mil de um homem para cometer o crime. No entanto, o infrator não soube informar a identidade do mandante que teria o contratado.

O menor foi levado a Central de Flagrantes e encaminhado para a Delegacia Especializada de Adolescentes (DEA). Ele deve assinar um termo circunstancial e ser liberado.

MAIS CASO

Já na noite desta terça-feira (17), no bairro Mapim, José Anderson de Jesus, de 32 anos, Alessandro Souza Pereira de Melo, de 22 anos e Jeferson dos Santos Souza, de 23 anos, foram presos com uma arma e uma porção de drogas.

Os três foram flagrados por policiais militares do 4º Batalhão na frente de uma casa. Com a atitude suspeita, a PM tentou aborda-los, no entanto eles fugiram a pé, entrando em uma casa, sem muros.

Minutos depois,  a PM conseguiu fazer o cerco e prendeu os três. No terreno da casa invadida, os policiais apreenderam um revólver calibre 38 com cinco munições e uma porção de pasta-base de cocaína. 

Com o flagrante, o trio foi encaminhado a Central de Flagrantes e autuado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

Comente esta notícia