Cuiabá, 06 de Outubro de 2022
logo

16 de Dezembro de 2013, 16h:52 - A | A

POLÍCIA / TRAGÉDIA FAMILIAR

Menina de quatro anos morre esmagada por lâmina de trator em Mato Grosso

Criança brincava com irmão em cima do trator, quando menino engatou o veículo. Vítima caiu, foi atingida pela lâmina da máquina e morreu na hora.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Uma menina de quatros anos morreu depois de ter sido atropelada por um trator, no Lava-Jato da família, localizado na Avenida Ayrton Senna, no setor industrial, do município de Alta Floresta (500 km de Cuiabá). A tragédia ocorreu nesta segunda-feira (16), por volta das 12h.

Ao RepórterMT, o delegado da Polícia Civil, Marcel Gomes, disse que a criança brincava com um irmão, de aproximadamente 12 anos, no pátio do Lava-Jato, sob os cuidados do pai, quando o homem foi atender um telefone no escritório.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

“Quando o pai saiu, as crianças foram brincar em cima de um trator que seria lavado. A chave estava na ignição. Ao subirem no veiculo, o menino teria ligado e engatado a máquina, que deu ré. Com o tranco, a menina caiu do trator, foi esmagada pela lâmina e morreu na hora”, explicou.

Ao ouvir o menino gritando por socorro o pai voltou ao local e viu a filha morta. O pai da menina entrou em choque. Ele precisou ser atendido por médicos.

Agentes da Perícia Técnica de Identificação Oficial (Politec) realizaram a perícia no veículo. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Alta Floresta e deve ser liberado para o sepultamento ainda nesta segunda (16).

Os pais da criança podem ser autuados por homicídio culposo, quando não há intenção de morte, porém nesses casos,  Marcel explicou que a Justiça acaba arquivando o inquérito policial, já que a perda da vida da filha seria um modo de ‘punição aos pais’.

MAIS MORTES

No dia 10 de novembro, a criança Nataly Gabriela da Silva, voltava para casa na companhia do irmão, quando foi atropelada por um micro-ônibus que faz a linha Cidade Alta/ Novo Terceiro, na Avenida Taubaté, do bairro Novo Terceiro.

Conforme informações da Polícia Militar, o motorista teria dado uma ré no veículo e atingiu a criança. “Devido a estatura da vítima o para-choque do veículo bateu na cabeça da vítima, que já caiu desacordada”, explicou o oficial Sheifer, do 10º Batalhão da PM.

Testemunhas acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas a vítima já estava morta. Com a morte de Nataly o irmão ficou em estado de choque e teve que receber atendimento médico.

Já o motorista foi encaminhado a Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito. Ele pode ser autuado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Comente esta notícia