Cuiabá, 30 de Junho de 2022
logo

Domingo, 30 de Outubro de 2011, 08h:40 - A | A

CAMPANHA DO DESARMAMENTO

Mais de 40 armas são recolhidas em 10 dias em Mato Grosso

Número é três vezes maior do que em 2010, diz Secretaria de Justiça.

SECOM

Lançada há dez dias a etapa estadual da Campanha Nacional do Desarmamento em Mato Grosso já recolheu 43 armas de fogo, “um número três vezes maior que o mesmo período da campanha anterior realizada no Estado”, destacou o coordenador da campanha em Mato Grosso e secretário adjunto de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública, delegado Anderson Aparecido dos Anjos Garcia.



A Campanha do Desarmamento acontece simultaneamente com postos fixos e itinerantes, que já percorreu 40 municípios de Mato Grosso. Cada um dos postos conta com pelo menos dois policiais cadastrados no Ministério da Justiça para atuar no recebimento das armas.
 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado


O cidadão receberá, no ato da entrega voluntária da arma, um protocolo, gerado pelo Sistema 'Desarma', da Polícia Federal, com qual poderá receber o valor da indenização correspondente a entrega da arma de fogo, em qualquer caixa eletrônico do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal.


O valor do reembolso varia entre 100 e 300 reais por cada arma de fogo, dependendo do tipo e calibre. Além do reembolso a campanha garante o anonimato para quem entregar a arma. “Umas das coisas que vem atraindo a população são os valores das indenizações e o anonimato”, garante o coordenador da campanha em Mato Grosso, delegado Anderson Garcia.



Quem for entregar sua arma de fogo nos postos de recolhimento das polícias Civil e Militar em Mato Grosso deve se atentar em estar munido da Guia de Trânsito, que pode ser emitida pela internet, no site da Policia Federal, por meio do link http://www.dpf.gov.br/servicos/armas/guia-de-transito-de-arma-de-fogo
 


“A expectativa é ultrapassar a marca de 100 armas até o dia 31 de dezembro”, disse o coordenador. A Campanha do Desarmamento 2011 traz novidades com relação às anteriores: o anonimato para quem entregar a arma, a inutilização do material no ato da entrega e a agilidade no pagamento da indenização.

 

Em Mato Grosso, 17 municípios possuem unidades de Segurança Pública credenciadas para o recebimento de armas de fogo. São 14 unidades da Polícia Civil, 10 comandos da Polícia Militar, além de cinco delegacias da Polícia Federal e oito delegacias da Polícia Rodoviária.



Em Cuiabá e Várzea Grande as armas podem ser entregues nos seguintes locais: Central de Ocorrências da Polícia Civil (avenida tenente coronel Duarte, nº 1044, bairro Centro, Cuiabá); Comando Regional I da Polícia Militar (avenida Historiador Rubens de Mendonça, nº 6135, bairro Novo Paraíso, Cuiabá); Central de Ocorrências da Polícia Civil de Várzea Grande (avenida Filinto Muller, nº 147, bairro Aeroporto) e Comando Regional II da Polícia Militar (avenida Filinto Muller, nº 538, bairro Centro, Várzea Grande).



No interior do Estado, as armas podem ser entregues nas delegacias e comandos regionais das polícias Civil e Militar dos municípios de Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Garças, Cáceres, Cuiabá, Diamantino, Juína, Pontes e Lacerda, Porto Alegre do Norte, Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra, Várzea Grande e Vila Rica.

Comente esta notícia