facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Julho de 2024
13 de Julho de 2024

18 de Junho de 2024, 17h:14 - A | A

POLÍCIA / TINHA PASSAGEM

Integrante de facção, mulher tem cabeça arrancada e corpo é desovado em matagal

Ela era integrante de uma facção criminosa e envolvida em homicídios ocorridos na cidade

THIAGO STOFEL
REPÓRTERMT



Uma criminosa, de identidade não divulgada, foi encontrada morta em uma área de mata no início da tarde desta terça-feira (18), em São José do Rio Claro (297 km de Cuiabá). Ela teve a cabeça arrancada.

Informações locais apontam que ela era integrante de facção e possuía passagens criminais por homicídio. Ela era moradora do bairro Guanabara e foi executada em uma região de mata que fica a mais de 10 quilômetros de onde morava.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Os policiais civis receberam denúncias anônimas sobre gritos vindo da mata e quando, enquanto faziam buscas pela região, avistaram homens correndo próximo ao local. Neste momento, os agentes encontraram o corpo da mulher sem a cabeça.

Os criminosos conseguiram fugir e não foram encontrados.

A motivação do crime está relacionado a guerra de facções criminosas.

Comente esta notícia