Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

16 de Novembro de 2014, 10h:39 - A | A

POLÍCIA / TRÊS MORTES NA MADRUGADA

Homem morre com dois tiros nas costas e moradores dizem que é suicídio

PM não encontrou arma do crime. Politec localizou duas capsulas de calibre 6.35 a dois e três metros do corpo. DHPP investiga homicídio.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



O corpo de Alex Campos Rodrigues, de 18 anos, foi encontrado na Rua 3, do bairro Jardim Beira Rio, em Cuiabá, por volta das 23h deste sábado (15). A princípio, moradores acionaram a Polícia Militar dizendo que o jovem tinha se matado. 

No entanto, agentes da Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) não encontraram a arma usado no suposto suicídio. Os peritos ainda perceberam que havia duas capsulas de calibre 6.35 a dois e três metros do cadáver, caracterizando um assassinato.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Segundo informações da Polícia Militar, moradores ouviram tiros e quando saíram para ver o que era encontraram o corpo do homem ensanguentado.

Como a vítima já teria dito que ira se matar por conta de um problema sentimental, as testemunhas acharam que se tratava de um suicídio. Porém, a PM acredita Alex tenha sido assassinado. Ele foi atingido duas vezes nas costas.

O crime pode ser um acerto de contas com traficantes da região, diante de alguma dívida, porque moradores disseram que o homem era usuário de drogas. Ele não tinha antecedentes criminais. “Nesses casos, quando o usuário deve aos traficantes, os criminosos não perdoam e acaba cobrando a pendência matando o devedor”, explicou um policial.

MAIS MORTES

Ainda na capital, outros dois homicídios foram registrados, entre a noite de sábado (15) e a madrugada de hoje (16).

Marquilei Pereira dos Santos, de 27 anos, morreu no Pronto Socorro Municipal, horas depois te ter sido baleado em um bairro periférico. Ele foi  baleado duas vezes no peito, quando caminhava por uma rua do Residencial Jonas Pinheiro, região da Grande Morada da Serra. 

Já na madrugada de hoje (16), Anderson Arruda, de 20 anos, foi executado com três tiros por um motoqueiro não identificado, no bairro Novo Paraíso. 

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga os três homicídios. Até o momento, ninguém foi preso.

Comente esta notícia