Cuiabá, 20 de Agosto de 2022
logo

12 de Dezembro de 2017, 16h:51 - A | A

POLÍCIA / INIMIGO ÍNTIMO

Fazendeiro é preso por matar amante que estava grávida; corpo nunca foi encontrado

A prisão ocorreu na Avenida Barão de Melgaço, nas proximidades de um comércio de propriedade da família do assassino.

DA REDAÇÃO



O pecuarista José Sebastião Boldrin, 67 anos, acusado de assassinar a amante, Franciele Epifânio Costa, de 23 anos, no ano de 2014, no município de Porto dos Gaúchos (663 km ao Médio-Norte), foi preso nesta terça-feira (12) pela Polícia Judiciária Civil em cumprimento ao mandado de prisão efetuado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá e a Delegacia de Porto dos Gaúchos.

Boldrin era casado e matinha relacionamento extraconjugal com a vítima, que estava grávida. Ele não aceitava a situação e queria que ela fizesse um aborto.  No dia 18 de fevereiro, a jovem saiu para se encontrar com o pecuarista e não apareceu mais. Até hoje o corpo da vítima não foi encontrado.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A última vez que foi vista estava entrando na caminhonete S10 do assassino. Na ocasião do desaparecimento da jovem, o amante chegou a ser preso, mas conseguiu na Justiça um habeas corpus e obteve liberdade. Logo após ser solto, fugiu para o Paraná, onde morou por algum tempo no município de Toledo, e depois foi para São Paulo.

Em outubro deste ano, a Polícia Civil de São Paulo, em apoio à Polícia Civil de Mato Grosso, tentou prender o acusado, quando ele estava na cidade de Marília (SP). No entanto, o assassino conseguiu fugir e há um mês voltou para Mato Grosso, ficando escondido na casa de parentes em Cuiabá.

A prisão ocorreu na Avenida Barão de Melgaço, nas proximidades de um comércio de propriedade da família do assassino. Uma informação chegou à Polícia Civil nesta semana e os policiais iniciaram vigilância para a prisão do foragido.

Comente esta notícia