facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 14 de Julho de 2024
14 de Julho de 2024

16 de Outubro de 2017, 10h:35 - A | A

POLÍCIA / CALOTE APÓS SEXO

Casal é detido por não pagar conta de R$ 38 em motel

O consumo do casal e o momento utilizado somavam R$ 63, mas o gerente deu desconto e reduziu o valor para R$ 38 porque o homem e a mulher alegaram que não tinham todo o dinheiro, mesmo assim eles disseram que não tinham como pagar a conta.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÃO



Um casal foi detido pela Polícia Militar por não ter dinheiro para pagar a conta do motel, na manhã desta segunda-feira (16). A conta no Motel Éden, localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, era de R$ 38 reais.

A PM foi acionada pelo gerente do estabelecimento. Ele relatou que o casal havia usado um momento do motel, além de beber duas cervejas. Eles foram identificados como o radiologista F.A.D.S., 37 anos e a manicure R.M.C., 38 anos.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Conforme o boletim de ocorrência, a conta havia ficado R$ 63 – mas o casal afirmou que não tinha dinheiro. O gerente foi chamado e deu um desconto, reduzindo o valor da conta para R$ 38.

Ainda com o desconto, a dupla afirmou que tinha apenas R$ 10 para pagar o estabelecimento.

Diante do impasse, ambos foram detidos e encaminhados para a Central de Flagrantes (Cisc), do bairro Planalto.

O casal foi liberado após ser ouvido pelo delegado plantonista e assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Caso semelhante

No mês de setembro, um homem identificado como J.D.G., de 31 anos, deixou a parceira N.L.L.F., também de 31 anos, em um motel localizado na Avenida Fernando Correa, região do Coxipó, em Cuiabá, após receber a conta do estabelecimento e não ter o dinheiro para pagar. 

A PM foi acionada pela gerência do motel. O casal utilizou o serviço, usufruiu do quarto, consumiu alguns produtos no local e na hora de pagar os custos, alegou que não tinha o valor.  

Diante da situação, o homem tentou deixar um documento como garantia, mas não foi aceito. Ele resolveu então deixar a parceira como “garantia”, enquanto ele saiu para tentar resolver a situação.

Leia mais

Sem dinheiro para pagar motel, homem deixa a parceira 'penhorada'

Comente esta notícia

Flávio 16/10/2017

Esse estava duro mesmo.

positivo
0
negativo
0

Thiago 16/10/2017

Tanto mato que tem na região do Coxipó, poderia ter ido para lá, kk

positivo
0
negativo
0

Jane 16/10/2017

Radiologista e Manicure = profissão sem futuro

positivo
0
negativo
0

JONH DOE 16/10/2017

Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

positivo
0
negativo
0

4 comentários

1 de 1