Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

14 de Novembro de 2016, 19h:39 - A | A

POLÍCIA / NO MOTEL

Bope evacua quartos, invade local e evita suicídio de mulher; marido pediu separação

Policiais retiraram todos os casais dos quartos para evitar conflito; a mulher é esposa do gerente do motel, onde o casal trabalha e mora em VG

LUIS VINICIUS
DA REDAÇÃO



Um desentendimento amoroso quase acaba em tragédia em um motel, em Várzea Grande, no fim da tarde desta segunda-feira (14), quando o local teve que ser esvaziado de forma urgente por policiais do Bope.

Após longa discussão, a esposa do gerente do motel tentou se suicidar por não aceitar o término de relacionamento.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

De acordo com informações da PM, policiais receberam um chamado via Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (Ciosp), sobre uma tentativa de suicídio no motel, onde o gerente e a esposa são moradores.

Ao chegarem ao local, os policiais tentaram um diálogo com a vítima, que se negou a conversar com eles, ameaçando cortar os pulsos caso continuassem a tentar convencê-la de desistir do suicídio.

Como a vítima estava com uma faca, policiais militares acionaram o Batalhão de Operações Especiais (Bope) que de imediato providenciou o isolamento do local, retirando todos os casais que estavam nos apartamentos do motel.

No primeiro contato, a vítima se negou a responder as perguntas dos policiais do Bope e ameaçou apunhalar a própria barriga caso houvesse uma intervenção por parte dos negociadores.

Mesmo com a ameaça da vítima, os policiais conseguiram intervir e tirar a faca da mão da mulher. 

Após a intervenção, a vítima foi encaminhada para uma unidade de saúde apenas com ferimentos leves na perna. Ao chegar ao local, a vítima conformou aos policiais que tinha intenção de se matar porque o marido queria terminar o casamento.

Com a situação sob controle, os policiais foram até a Central de Flagrantes, no bairro Planalto, onde registraram a ocorrência.

Comente esta notícia

Raposão 14/11/2016

Eu só saíria depois das três relações concluídas.

1 comentários

1 de 1