Cuiabá, 29 de Janeiro de 2023
logo

11 de Dezembro de 2014, 09h:09 - A | A

POLÍCIA / EM MATO GROSSO

Bandidos invadem hospital e matam paciente com vários tiros

Foram 3 disparos à queima roupa. A PM informou que Sérgio Santos Nunes Bandeira, de 26 anos, não resistiu e morreu.

DA REDAÇÃO



O homem que havia sido baleado, na segunda-feira de madrugada em Alta Floresta, e estava internado no hospital regional da cidade, foi executado a tiros, nesta quinta-feira (11).

Foram 3 disparos à queima roupa. A PM informou que Sérgio Santos Nunes Bandeira, de 26 anos, não resistiu e morreu.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

De acordo com o site Só Notícias, seriam dois bandidos que invadiram o hospital, renderam alguns funcionários e foram até o local onde estava a vítima. Antes de entrar, teriam coberto rosto com camisetas e fizeram os disparos, que atingiram cabeça, tórax e pernas.

Segundo a reportagem, a polícia está convicta que é vingança e acerto de contas porque Sergio (conhecido Orelha Queimada) havia sido alvejado, há 2 dias, no Cidade Alta, e os indícios apontam para os mesmos atiradores que invadiram o hospital hoje, o executaram.

O tenente Cunha disse que "ele tem antedentes criminais por tráfico e assalto". Ele também informou que policias foram ao hospital após a tentativa de homicídio. "Mas ele evitou falar quem atirou nele", acrescentou.

Ainda de acordo com o tentente, a PM fez rondas nos últimos dias nas proximidades do hospital pois havia rumores de suposta invasão e os bandidos aproveitaram o momento que a viatura foi 'patrulhar' outra localidade para invadir a unidade médica. A PM requisitou imagens do circuito interno do hospital para tentar identificar quem atirou.

Comente esta notícia