Cuiabá, 08 de Fevereiro de 2023
logo

05 de Janeiro de 2023, 08h:36 - A | A

POLÍCIA / VIOLÊNCIA MÁXIMA

Bandido invade casa, rende família e mata empresário a tiros

Gastão Miguel Durks, 58 anos, foi encontrado morto sentado em uma cadeira de fio, na área de sua casa, em Rosário Oeste.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTERMT



O empresário Gastão Miguel Durks, 58 anos, foi executado a tiros na noite dessa quarta-feira (04) dentro de sua casa, em Rosário Oeste (128 km de Cuiabá). O bandido invadiu o imóvel, rendeu o filho e a esposa da vítima, foi até o empresário e efetuou os disparos.

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 19h45. Testemunhas relataram que o portão da residência estava aberto, quando o criminoso entrou no local com uma arma de fogo e abordou a esposa da vítima e o filho.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O bandido então foi até o escritório, que fica em frente à área da casa, onde Gastão estava, e efetuou vários disparos.

Leia também

Homem sequestrado em hotel de VG é achado morto na "Estrada de Jangada"

Ainda conforme testemunhas, o criminosos também tentou matar a esposa do empresário. Ele apontou a arma para a mulher, tentou efetuar um disparo, mas a arma falhou. Ao perceber que Gastão tentava reagir, o bandido colocou mais munições e efetuou mais disparos contra o empresário.

Gastão foi atingido na altura do peito e do maxilar. Ele foi encontrado morto, sentado em uma cadeira de fio na área da residência.

Após o homicídio, o criminoso fugiu do local e ainda não foi encontrado.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada e deu início aos trabalhos de análises. O corpo do empresário foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para o exame de necropsia.

A Polícia Civil investiga o crime.

Comente esta notícia

Agrepina sebastiana de Souza 05/01/2023

Nossa tanta violência meu Deus ke Deus conforte a família Deus de força para essa família amém

Macêdão 05/01/2023

Achei muito estranho essa morte, deixando testemunhas, uma boa investigação irá esclarecer tudo.

2 comentários

1 de 1