Cuiabá, 06 de Dezembro de 2022
logo

09 de Novembro de 2016, 13h:50 - A | A

POLÍCIA / FEMINICÍDIO

Assassino confessa ter matado ex-mulher por ciúme de foto no Facebook

José Mariano Bernardino da Silva assassinou a ex-mulher Maria Juraci, porque após cinco anos de separação, ela postou uma foto no Facebook com o namorado. O caso aconteceu em Peixoto de Azevedo.

JÉSSICA MOREIRA
DA REDAÇÃO



José Mariano Bernardino da Silva, 44, ex-marido de Maria Juraci Bernardina do Nascimento, 37, morta a facadas na última segunda-feira (7), foi preso na madrugada desta quarta-feira (9) em Peixoto de Azevedo (691 km de Cuiabá) e confessou ter assassinado a comerciante por ciúme, já que ela havia postado, em sua página do Facebook, uma foto com o atual namorado. Em depoimentom ele disse ter se arrependido do crime.

O assassino foi detido no centro da cidade, com R$ 3,2 mil em dinheiro. No momento da prisão José disse para a PM que estava indo levar dinheiro para os filhos, pois tinha vendido uma motocicleta.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A morte a facadas ocorreu após vários atos de violência sofridos por Maria Juraci. Uma medida protetiva o impedia de se aproximar dela.

Ele estava separado da vítima há cinco anos. Enquanto casados, eles tiveram quatro filhos.  

De acordo com relatos de uma amiga de Maria Juraci, que morava na mesma casa em que a vítima, José chegou no local alegando que precisava conversar com ela e logo depois os vizinhos já ouviram gritos, ao chegar até a porta a testemunha encontrou Maria ensanguentada, com profundas perfurações no pescoço e caída na calçada.

Maria Juraci chegou a ser encaminhada para atendimento médico, mas não resistiu porque perdeu muito sangue. Após o crime, o ex-marido fugiu a pé. 

O delegado Bráulio Cunha Junqueira é responsável pela investigação do crime.

Comente esta notícia