Cuiabá, 02 de Fevereiro de 2023
logo

13 de Novembro de 2014, 10h:39 - A | A

POLÍCIA / NO FACEBOOK

Assaltante morto em tiroteio pela Rotam ostentava ganho com a criminalidade

Criminoso postava fotos no perfil do Facebook com armas, drogas, joias e notas de alto valor.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



O assaltante que morreu em uma troca de tiros com policiais militares do Batalhão de Rondas Ostensivas (Rotam), em Várzea Grande, há dois dias, foi identificado pelo Instituto Médico Legal (IML) pelo nome de Renan Briner dos Anjos, de 27 anos, também conhecido por Petróleo’.

Na rede social dele, no Facebook, na internet, Petróleo ostentava os ganhos da criminalidade (assalto) em fotos com armas, drogas, joias e notas de alto valor.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A falta do medo da impunidade era tanta, que em uma das imagens, o suspeito chegou a postar uma foto de dentro do presídio, onde cumpria pena por homicídio de um ex-presidiário e por um roubo, no bairro Jardim Eldorado, em Várzea Grande. Os crimes teriam sido praticados em 2010.

Já em outras fotos, ele postava fotos com várias notas de R$ 50 e R$ 100 emparelhadas e dizia que o dinheiro era ‘fruto dos corres’, jargões usados pelos criminosos para definir crimes de assalto.

‘Petróleo’ havia passado do regime fechado para o semiaberto. Ele usava uma tornozeleira eletrônica, e era monitorado pela Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). No entanto, mesmo assim, continuava cometendo crimes.

Na terça-feira (11), o Petróleo foi flagrado em atitude suspeita pela Rotam, no bairro São Simão em Várzea Grande. Ao ver a viatura, o criminoso correu para dentro de uma quitinete.

Com isso, os policiais pediram que o homem saísse do local para ser revistado. Porém, ele sacou uma arma e atirou contra os PM’s, que revidaram os tiros. 

No tiroteio, ‘Petróleo’ foi atingido no peito. A PM ainda o levou para o Pronto-Socorro Municipal, mas ele morreu no box de emergência.  Ao revistar a quitinete do suspeito, os PM’s encontraram várias porções de drogas e aparelhos celulares.

Álbum de fotos

Reprodução Facebook

Reprodução Facebook

Reprodução Facebook

Reprodução Facebook

Reprodução Facebook

Reprodução Facebook

Reprodução Facebook

Rotam

Reprodução Facebook

Comente esta notícia

gabrielly 13/06/2016

Queria que fosse seu pai ou alguns de sua familia para sentir oque e uma perda de um familiar

gabrielly 13/06/2016

Queria que fosse seu pai ou alguns de sua familia para sentir oque e uma perda de um familiar

Junior 13/11/2014

Menos um malandro, é esse o fim de quem quer ganhar a vida dessa forma... Bandido bom é bandido morto.

3 comentários

1 de 1