Cuiabá, 01 de Fevereiro de 2023
logo

03 de Novembro de 2014, 10h:56 - A | A

POLÍCIA / O 'GOSTOSÃO'

Acusado de estuprar vizinha, homem diz que foi obrigado

A vítima teria sofrido o estupro no próprio quarto, quando o irmão, flagrou o ato na manhã de domingo (2).

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



O programador C.O.B., de 29 anos, foi preso acusado de estuprar a vizinha, de 19 anos, na casa dela, localizada no bairro periférico de Cuiabá, São Sebastião. A vítima estaria embriagada e teria sofrido o estupro no próprio quarto, quando o irmão que dormia, no mesmo cômodo, flagrou e interrompeu o ato sexual, na manhã de domingo (2).

Assustado, C.O.B fugiu, mas foi preso na frente de uma casa, no mesmo bairro, por uma guarnição do 24º Batalhão da PM. Após ser levado a Central de Flagrantes, o acusado negou o crime e disse que foi obrigado pela própria vítima, a manter a relação sexual.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O estupro teria ocorrido por voltas das 10h. De acordo com relatos do irmão da vítima, ele teria acordado e flagrado o homem tendo relação sexual com a irmã na cama. No entanto, ele (irmão) percebeu que a garota estava desacordada e embriagada. Com isso, a testemunha gritou, assustando o homem, que fugiu rapidamente.

Já o acusado explicou ao delegado plantonista que estava ajudando a mãe da vítima a guardar as cadeiras da festa, quando a garota o chamou para arrumar um ventilador no quarto dela.

Ao entrar no cômodo, o acusado teria sido atacado pela vítima, que o obrigou a ter a relação sexual, que foi consumida. “Não aguentei a tentação e acabei beijando e transando com ela”, explicou o acusado no Boletim de Ocorrência. C.O. ainda falou que mesmo após consumar o ato sexual, a mulher não o deixava sair.    

Com a denúncia, o acusado foi autuado por estupro e encaminhado para o Centro de Ressocialização de Cuiabá (antigo Carumbé). O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher.

Comente esta notícia