facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

20 de Setembro de 2017, 20h:01 - A | A

PODERES / SECRETÁRIO AFASTADO

Perri diz que Jarbas tentou beneficiar aliados usando cargo no Governo

O afastamento do secretário de Segurança, Rogers Jarbas, foi determinado por Orlando Perri nesta quarta-feira (20), sob acusação de que ele estaria interferindo nas investigações das interceptações telefônicas clandestinas.

CAROL SANFORD
DA REDAÇÃO



O desembargador do Tribunal de Justiça, Orlando Perri, disse em sua decisão de afastamento que o secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, estaria usando a influência do cargo no Governo para beneficiar aliados.

O afastamento de Rogers foi determinado nesta quarta-feira (20), sob acusação de que ele estaria interferindo nas investigações das interceptações telefônicas clandestinas, operadas pelas Polícias Civil e Militar, em Mato Grosso. Ele deverá usar tornozeleira eletrônica e está impedido de ter contato com outros investigados no caso dos grampos.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Não resta a menor dúvida de que o representado, valendo-se do cargo ocupado, vem agindo de maneira incisiva e direta no sentido de beneficiar seus aliados, determinando o fornecimento de documentos, até então, sigilosos, em detrimento das investigações levadas a efeito pelas autoridades policiais. Uma coisa é defender os interesses do Poder Executivo do qual faz parte, comportamento este que se patenteia até natural. Outra, é praticar atos contrários à margem da lei, no intuito de favorecer seus acompadrados, ou de perseguir aqueles que vão de encontro com seus interesses”, apontou o magistrado.

Perri argumentou em dois episódios que Jarbas teria permitido o acesso a documentos sigilosos da investigação pelo ex-secretário da Casa Civil, Paulo Taques, e pelo governador Pedro Taques (PSDB).

Chegou ao meu conhecimento, por intermédio do ofício subscrito pelo delegado de Polícia Flávio Henrique Stringueta, que o secretário de Segurança não deferiu apenas o pedido formulado pelo Escritório Zamar Taques Advogados Associados [de Paulo Taques], mas, também, na mesma data, acolheu requerimento deduzido por seu chefe, o governador do Estado, José Pedro Gonçalves Taques, determinando o fornecimento de fotocópia de autos sigilosos”, escreveu o desembargador.

Para ele, Rogers Jarbas deve ser submetido às medidas cautelares impostas, justamente para que deixe de interferir nas investigações.

“Valendo-se de seu cargo e de sua influência, busca interferir nas investigações atinentes à prática do crime de interceptação telefônica ilegal, alcunhada de “grampolândia pantaneira”, tentando obter documentos sigilosos, ou constrangendo autoridades policiais e oficiais militares, intimidando pessoas ligadas à apuração destes fatos”.

O investigado é o responsável pela blindagem do grupo criminoso, e que são fortes os indícios de que ele pode ter sob sua responsabilidade documentos ou outras provas imprescindíveis para o esclarecimento dos fatos investigados, não apenas em relação a este inquérito, como, também, àquele instaurado para apuração da prática de crimes pela organização criminosa muitíssimo bem articulada, integrada por agentes que compõem o alto escalão do Governo do Estado de Mato Grosso e por ex-secretários”, relatou o magistrado.

Em conversa com a imprensa, ao saber da notícia, Jarbas se disse surpreso.

“Não esperava essa decisão. Nem me deram cópia dos autos ainda. Preciso ver os autos para ver o que tem”, disse o secretário afastado.

Comente esta notícia

Antonio Marcos 21/09/2017

Lembrei da música da dupla Teodoro e Sampaio e se casa cair deixe que caia kkkkkkkkkkkkk Parabéns desembargador Orlando Perri. JUSTIÇA E IGUAL PARA TODOS NINGUÉM AQUI E BOBO E CHEIRA CHEIRA

positivo
0
negativo
0

Antonio Marcos 21/09/2017

Lembrei da música da dupla Teodoro e Sampaio e se casa cair deixe que caia kkkkkkkkkkkkk Parabéns desembargador Orlando Perri. JUSTIÇA E IGUAL PARA TODOS NINGUÉM AQUI E BOBO E CHEIRA CHEIRA

positivo
0
negativo
0

Antonio Marcos 21/09/2017

Lembrei da música da dupla Teodoro e Sampaio e se casa cair deixe que caia,hoje vou amanhecer kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,parabéns ao Desembargador Orlando Perri.A JUSTIÇA E IGUAL PRA TODOS PARABÉNS.

positivo
0
negativo
0

Carlos 21/09/2017

Tem delegado desesperado, acreditava estar impune por causa do secretário que também é Delegado. E agora que a investigação atingiu o Jarbas certamente chegará a eles.

positivo
0
negativo
0

4 comentários

1 de 1