Cuiabá, 20 de Agosto de 2022
logo

13 de Dezembro de 2017, 13h:53 - A | A

PODERES / EMENDAS PARLAMENTARES

Botelho diz que deputados aguardam repasse de R$ 50 milhões do Governo

O acordo foi feito entre os deputados e o Governo do Estado que conta com o recurso de R$ 497 milhões referentes ao pagamento do FEX.

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB) disse, na noite de terça-feira (12), que os deputados aguardam apenas o pagamento do Auxílio de Fomento às Exportações (FEX) para cobrar o Governo parte dos R$ 150 milhões em emendas parlamentares que não foram pagas nos anos de 2015 e 2016.

“O Governo já prometeu que vai liberar R$ 50 milhões do dinheiro do FEX. Isso é 30% do total e os deputados concordaram. Estamos esperando para que seja cumprido”, afirmou.

É que os deputados já ouviram do governador Pedro Taques (PSDB), que parte das emendas serão quitadas após a entrada dos R$ 497 milhões que o Estado receberá referente ao FEX, que será repassado pelo Governo Federal. O projeto lei que libera o valor para Mato Grosso deve ser aprovado pelo Senado nesta quarta-feira (13) e, em seguida, sancionado pelo presidente Michel Temer (PMDB).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O dinheiro deve entrar na conta do Estado 24 horas após a medida ser sancionada pelo Palácio do Planalto.

“O Governo já prometeu que vai liberar R$ 50 milhões do dinheiro do FEX. Isso é 30% do total e os deputados concordaram. Estamos esperando que seja cumprido”, afirmou.

Com a proximidade das eleições, o governador tem sido pressionado por sua base aliada e pela oposição a pagar pelo menos parte das emendas atrasadas. Inclusive a oposição já articulou trancar a pauta de votações da Assembleia para pressionar o pagamento e, com isso, prejudicar a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2018 e das contas do Governo.

Porém, em um acordo firmado entre o Governo e os deputados aliados foi de que R$ 50 milhões do FEX seriam destinados ao pagamento das emendas o que apaziguou, pelo menos momentaneamente, os ânimos políticos.

Além do pagamento das emendas, o Governo destinará os recursos do FEX para a folha salarial de dezembro, décimo terceiros salário dos comissionados, repasse aos poderes e à Saúde. 

Mato Grosso receberá R$ 497 milhões do FEX, sendo que 25% serão encaminhados aos municípios.

Comente esta notícia

Armindo de Figueiredo Filho Figueiredo 14/12/2017

NÃO ESTÃO AGUARDANDO, E SIM "ANSIOSOS". Não fizeram mais que obrigação, os Parlamentares de MT, em pressionar a câmara e Senado, por isso estão lá. Mas, além das comemorações por parte dos parlamentares de MT, está aparecendo em todos os jornais de MT, uma EUFORIA sem tamanho por parte de alguns órgãos (legislativo, judiciário) , Prefeituras etc e etc.... e assim vai ..... Foi só o Senado aprovar o FEX, que todo mundo está indo a loucura, por causa desse "DINDIN". Em suas falas , de alguns dias atrás, o governador disse>>>QUE ESSA VERBA, ERA EXCLUSIVAMENTE PARA QUITAR A FOLHA DE PAGAMENTO, inclusive o 13 dos comissionados... e ainda quitar a FOLHA DE DEZEMBRO com folga, e tem mais ainda... que iria voltar a pagar os servidores, dentro do mês trabalhado, ou seja, dia 30. Agora com essa liberação , cada dia aparece um órgão de olho nesse dinheiro..... Se continuar desse jeito, o Governo continuará no VERMELHO. E o escalonamento com certeza VOLTARÁ.......... ETA!!!! Governo ....

1 comentários

1 de 1